Topo

Futebol


Odair fala em 'posse falsa' do Santos e diz que Inter merecia vitória

Ricardo Duarte/SC Internacional
Imagem: Ricardo Duarte/SC Internacional

Do UOL, em Porto Alegre

2019-05-26T19:14:14

26/05/2019 19h14

O Santos terminou a partida diante do Internacional com 60,9% de posse de bola, segundo o Footstats, mas o time gaúcho deixou o gramado da Vila Belmiro lamentando o empate sem gols. Nas palavras de Odair Hellmann, a sensação de frustração é resultado de uma 'posse de bola falsa' da equipe de Jorge Sampaoli. Além, claro, da boa atuação da equipe colorada.

Santos e Inter ficaram no 0 a 0 em jogo válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo ainda foi marcado pela atuação do VAR em dois lances: gol de Guilherme Parede e pênalti de Victor Cuesta em Rodrygo. As duas ocorrências acabaram anuladas depois da revisão no monitor.

"Por tudo que nós produzimos, saímos com gostinho de que poderíamos ter vencido. Criamos as melhores oportunidades. O Santos teve uma posse de bola falsa, como a gente diz. Não criou desequilíbrio para a gente. A gente criou desequilíbrio quando teve a posse e também transição rápida. Fizemos um muito bom jogo", disse Odair Hellmann, treinador do Inter.

E de fato, no primeiro tempo o Inter conseguiu sair da pressão inicial do Santos e passou a controlar o jogo mesmo sem a bola. Com marcação forte na saída de bola da equipe mandante, o time gaúcho gerou oportunidades antes do intervalo. Na segunda etapa, o domínio vermelho durou menos e houve melhora por parte dos comandados de Sampaoli.

"Funcionou em todo o jogo. Claro que existem momentos, e estamos falando do Santos na Vila Belmiro, né? Nos momentos em que o Santos criou, demorou para criar de novo. Não houve pressão, abafa. A equipe se portou muito bem. A parte final, a definição, pegou no lugar errado do pé. A gente criou para vencer, jogou para vencer, e o detalhe não fez ela entrar. Mas jogamos bem", reiterou Hellmann.

Com o empate, o Internacional chega a 10 pontos no Campeonato Brasileiro. O time volta a campo na quarta-feira, diante do Paysandu, pela Copa do Brasil. No domingo a equipe recebe o Avaí na sétima rodada do Brasileirão.

Mais Futebol