Topo

Esporte


Suárez se defende de críticas por operação: "Contra a minha vontade"

Xinhua/Martin Rickett/PA Wire/ZUMAPRESS
Imagem: Xinhua/Martin Rickett/PA Wire/ZUMAPRESS

Do UOL, em São Paulo

2019-05-26T12:02:48

26/05/2019 12h02

O Barcelona entrou em campo ontem e foi derrotado pelo Valencia na final da Copa do Rei. A equipe não apresentou um bom futebol e sentiu muito a falta de Luis Suárez, que teve de acompanhar a partida da arquibancada do estádio Benito Villamarín, por se recuperar de operação. Muito criticado pela torcida, Suárez se defendeu.

"A lesão que me levou a passar por uma artroscopia não tem absolutamente nada a ver com a cartilagem, e sim a ruptura do menisco que sofri na eliminação para o Liverpool. Por isso, me vi obrigado a passar pela artroscopia e perder a final (da Copa do Rei) contra a minha vontade", disse Suárez em comunicado oficial.

O atacante sofreu com problemas de cartilagem durante toda a temporada, mas afirmou que, com a ajuda da equipe médica, conseguiu suportar as dores e não teve maiores problemas. No dia 9 de maio, o Barcelona divulgou comunicado afirmando que o jogador passaria por uma cirurgia no joelho direito e que desfalcaria o time entre quatro e seis semanas, o que fez com que Suárez perdesse a grande final da Copa do Rei, vencida pelo Valencia.

"Creio que muitas coisas que estão dizendo são com más intenções e colocam em xeque o meu profissionalismo", afirmou Suárez. "Tenho demonstrado a cada dia desde que cheguei ao clube que estou 100% dedicado, dou o máximo em cada treino e em cada partida por este escudo", acrescentou o atacante.

Presente na lista de 40 nomes para a Copa América, Suárez deve defender o Uruguai no torneio que acontece no Brasil, em junho. O Uruguai estreia na competição no dia 16 de junho, contra o Equador, no Mineirão. O prazo final para a entrega da lista definitiva de convocados para a Copa América é dia 30 de maio.

Mais Esporte