Topo

Futebol


Reforço do Barça ameaça Rakitic e "incendeia" briga no meio-campo do time

Erwin Spek/Soccrates/Getty Images
Frenkie de Jong já está negociado com o Barcelona para a próxima temporada Imagem: Erwin Spek/Soccrates/Getty Images

Rodrigo Garcia

Do UOL, em São Paulo

2019-05-27T12:00:00

27/05/2019 12h00

A temporada do Barcelona chegou ao fim no último sábado (25), quando o clube ficou com o vice Copa do Rei, depois de perder por 2 a 1 para o Valencia. Com isso, Messi e companhia ficaram com apenas um título no ano, já havia garantido o Campeonato Espanhol neste mês.

Agora, o clube pode focar seus esforços no planejamento para a próxima temporada. Enquanto a diretoria trabalha em busca de reforços, uma contratação já está selada: o meio-campista holandês Frenkie de Jong.

O jovem de 22 anos chegará ao clube após ser o destaque do Ajax na surpreendente temporada do clube holandês, que conquistou a liga nacional e ainda chegou à semifinal da Liga dos Campeões. O meio-campista, inclusive, promete incendiar a disputa por vagas no meio-campo do time espanhol.

Atualmente, os atletas mais utilizados por Ernesto Valverde no setor são o volante Busquets e os meio-campistas Arturo Vidal, Arthur e Ivan Rakitic. Sergi Roberto, que atua também como lateral, é outra opção geralmente usada para compor o setor.

Contudo, segundo a imprensa espanhola, há uma clara preferência no clube espanhol em promover um meio-campo mais jovem, tendo o ídolo catalão, Busquets, como o mais experiente e os promissores Arthur e De Jong jogando mais à frente. Inclusive, atuar como "camisa 10" seria a "posição ideal" para o holandês segundo seu pai.

"Frenkie é um meio-campista originalmente 'camisa 10'. No Ajax ele controla o jogo (mais por trás), mas talvez ele tenha um papel mais ofensivo no Barcelona", analisou John de Jong, pai do jovem, em entrevista à Fox Sports internacional.

Caso a previsão de seu pai e da imprensa espanhola se confirme, o maior ameaçado é o croata Ivan Rakitic. Apesar de ter sido muito utilizado por Ernesto Valverde ao longo da temporada, o meia foi um dos alvos das críticas da imprensa e da torcida após a eliminação vexatória na Liga dos Campeões para o Liverpool.

Aos 31 anos, Rakitic está na mira de clubes de ponta para a próxima temporada, como Inter de Milão e Manchester United. Mas segundo o jornal espanhol "Mundo Deportivo", o jogador não está interessado em "mudar de ares" na próxima temporada.

Rakitic leva vantagem no ataque, De Jong na defesa

Eric Alonso/MB Media/Getty Images e TF-Images/Getty Images
Rakitic e Frenkie de Jong vão brigar por espaço no Barcelona na próxima temporada Imagem: Eric Alonso/MB Media/Getty Images e TF-Images/Getty Images

Se De Jong realmente assumir o posto que foi de Rakitic nas últimas temporadas, ele precisará ter um desempenho um pouco melhor no aspecto ofensivo para atingir o mesmo patamar do croata.

Levando em conta o desempenho dos atletas na Liga dos Campeões, já que Barcelona e Ajax caíram na semifinal, o croata leva ligeira vantagem. De Jong esteve em campo em 11 oportunidades, enquanto Rakitic defendeu a camisa do Barça em 12 jogos.

Os atletas tiveram índice de acerto de passes semelhantes: Rakitic completou 91% dos 927 passes que tentou, enquanto De Jong acertou 90% de seus 828 passes. Os meias empatam também quando o número de cruzamentos é analisado: foram quatro tentativas e um acerto de cada.

Rakitic leva vantagem no aspecto ofensivo: deu dois passes para atletas balançarem as redes, enquanto De Jong não foi o "garçom" para nenhum de seus colegas. Além disso, o croata fez um gol no torneio, enquanto o holandês passou em branco.

Em contrapartida, De Jong leva vantagem no quesito defensivo: o holandês fez 83 roubadas de bola contra 62 do croata.

Por fim, o jovem meia do Ajax percorreu 123,4 quilômetros no torneio, valor superior ao de Rakitic, 120 quilômetros, mesmo com uma partida a menos.

Resta agora aguardar o desfecho da janela de transferências para ver como Valverde montará sua equipe na próxima temporada, já que o atacante Griezmann pode ser um dos contratados, o que poderia mudar toda a dinâmica atual da equipe.

Mais Futebol