Topo

Atlético-MG dá mais valor à Sul-Americana um ano após saída controversa

Atlético-MG enfrenta o Unión La Calera na segunda fase da Copa Sul-Americana - Bruno Cantini / Atlético
Atlético-MG enfrenta o Unión La Calera na segunda fase da Copa Sul-Americana Imagem: Bruno Cantini / Atlético

Do UOL, em Belo Horizonte

27/05/2019 04h00

Negligenciada em 2018, a Copa Sul-Americana se tornou uma das prioridades do Atlético-MG na atual temporada. Diretoria e comissão técnica têm o consenso de que a competição é importante e dão prioridade ao jogo contra o Unión La Calera, do Chile, amanhã, às 21h30 (de Brasília), no Independência.

Depois de perder a ida por 1 a 0, em jogo que contou com time alternativo, o Galo busca uma vitória na volta para chegar às oitavas de final do torneio continental.

Em pouco mais de um ano, a competição passou a receber uma nova visão na Cidade do Galo. No ano passado, depois de utilizar reservas diante do San Lorenzo, da Argentina, na primeira fase, o presidente Sérgio Sette Câmara tratou o torneio como "segunda divisão da Libertadores".

"A Copa Sul-Americana é a segunda divisão da Libertadores da América. É assim que enxergo. Se ela tivesse esse valor muito grande, as duas copas que o Atlético ganhou da Conmebol teriam mais valor do que na verdade têm. E olha que, naquela época, quem classificava não era o nono, o décimo. Era o segundo e o terceiro do Campeonato Brasileiro. A Sul-Americana, além de pagar pouco, ela tem pouco valor, você vê pelos próprios públicos que vêm comparecendo, se comparado com públicos da Libertadores", disse o mandatário na ocasião, em entrevista à Fox Sports.

Hoje, um pouco mais afastado do futebol, o mandatário vê o departamento de futebol do Galo comandado pelo diretor Rui Costa. A relevância da competição também é outra. Não à toa o técnico interino Rodrigo Santana promete o time forte para o jogo de volta da segunda fase.

"A gente projeta um time que vai buscar a classificação desde o primeiro minuto. A gente vai com time completo, titularíssimo. Quem estiver muito bem vai para o jogo", disse após a derrota por 1 a 0 para o Grêmio na noite do último sábado (25).

"A gente está encarando todas as competições da melhor forma possível. No Brasileiro, a gente perde um jogo e tem como recuperar no segundo ou terceiro jogo. Na Sul-Americana e Copa do Brasil, não. Podem ter certeza que já estamos virando todo o foco para terça-feira, para buscar essa classificação desde o primeiro minuto", acrescentou.