Topo

Maxi tem dívidas a receber do Vasco e saída não deverá ser "amigável"

Maxi Lopez pediu para sair do Vasco por não concordar com a decisão de Luxemburgo de afastá-lo em função do peso - Carlos Gregório Júnior / Site oficial do Vasco
Maxi Lopez pediu para sair do Vasco por não concordar com a decisão de Luxemburgo de afastá-lo em função do peso Imagem: Carlos Gregório Júnior / Site oficial do Vasco

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

28/05/2019 04h00

Maxi Lopez pediu para se desligar do Vasco. Porém, o litígio contratual não deverá ser dos mais "amigáveis" entre as partes e um embate possivelmente acontecerá na Justiça.

O atacante tem dois meses de salários em atraso além de FGTS, metas e outras bonificações. Quem o conhece, garante que dificilmente o argentino irá abrir mão do que lhe é de direito. Algo entre R$ 3 milhões a R$ 4 milhões.

O UOL Esporte entrou em contato com o vice-presidente jurídico do Vasco, Rogério Peres, que garantiu que o departamento ainda não foi acionado para tratar do tema.

Antes do pedido formal de rescisão, Maxi Lopez compareceu ao CT do Almirante e realizou trabalhos específicos durante o fim de semana em que o elenco estava no Ceará, onde no último domingo (26) empatou com o Fortaleza em 1 a 1 pelo Campeonato Brasileiro.

Ontem (27) pela manhã, treinou novamente e em seguida recolheu todos os seus pertences do vestiário.

Maxi Lopez tem vínculo com o Vasco até o fim deste ano e já recebeu sondagens de clubes do Brasil e do exterior.

Luxa desconversa

Técnico que havia decidido cortar o argentino da relação para a partida contra o Fortaleza por achar que ele estava fora do padrão físico ideal, Vanderlei Luxemburgo preferiu não comentar sobre o assunto após a partida.

"Não vou falar do Maxi Lopez, porque não tem nada a ver. Ele não está aqui. Tenho que falar do jogo. Acho que consegui um jogador por dentro, que é o Marrony", disse.

Renovação chegou a ser cogitada

No início de 2019, quando Maxi ainda estava em alta por conta do desempenho na temporada passada, o Vasco chegou a conversar com ele sobre uma renovação de contrato. O diálogo, porém, não apresentou avanços em função das contrapartidas que foram colocadas sobre a mesa.

Um novo encontro para tratar do tema foi cogitado para depois do Campeonato Carioca, algo que acabou não acontecendo.