Topo

Esporte


Bahia vence mais uma vez e elimina o São Paulo da Copa do Brasil

Do UOL, em São Paulo

29/05/2019 23h22

O sonho do São Paulo de conquistar pela primeira vez a Copa do Brasil acabou. Hoje, na Fonte Nova, em Salvador, o Bahia derrotou com o Tricolor paulista por 1 a 0. O gol dos donos da casa foi marcado no segundo tempo por Ernando. Como havia vencido o primeiro duelo das oitavas de final, em pleno Morumbi, por 1 a 0, o Bahia atuou com a vantagem do empate - e ainda assim, não abdicou do ataque.

As quartas de final serão disputadas apenas depois da Copa América. Enquanto isso, o São Paulo só disputará o Campeonato Brasileiro até o fim da temporada. As duas equipes voltam a jogar neste fim de semana pela sétima rodada do Nacional. Em busca da recuperação no torneio após a derrota para o Corinthians no clássico, o São Paulo recebe o Cruzeiro neste domingo, no Pacaembu. Já o time baiano encara o Grêmio, no sábado, no Pituaçu.

Sem contar com Antony, que está com a seleção brasileira olímpica, Cuca mudou a escalação do time e ousou. O treinador colocou Hernanes no meio e lançou Helinho no lugar de Pato entre os titulares. As alterações, porém, não surtiram o efeito esperado. No segundo tempo, o badalado atacante entrou no lugar de Everton, que passou mal. Já o Bahia foi mais objetivo e foi premiado com o gol de Ernando.

Festa com estilo de trio elétrico?

Empolgada com o resultado positivo conquistado fora de casa, a torcida do Bahia fez uma grande festa para receber os jogadores na Fonte Nova. O ônibus com a delegação baiana era seguido como se fosse um trio elétrico pelos fãs na porta do estádio.

Quem foi bem

Ernando acabou sendo o destaque positivo do Bahia. O jogador mostrou eficiência no desarme e ainda apareceu como opção nos contra-ataques, tanto que fez o seu gol.

Quem foi mal

A equipe do São Paulo teve uma atuação abaixo do esperado e ficou até difícil para escolher quem foi o pior. Arboleda não desarmou bem e ainda acabou expulso. Hernanes, jogador em que a torcida costuma depositar grande esperança, cobrou um escanteio bisonho no primeiro tempo e pouco criou. Mas Reinaldo também parecia nervoso e teve muita dificuldade para marcar.

Pato começa no banco, e Helinho é titular

Cuca surpreendeu na hora de montar a equipe. Sem contar com Antony, que está com a seleção olímpica, o treinador mexeu no time. Uma novidade foi a entrada de Helinho. Porém, o que chamou a atenção foi a ausência de Pato, que estava entre os reservas.

Partida de Helinho tem chapéu e bola no travessão

Escolhido por Cuca para substituir Alexandre Pato, Helinho correu muito durante a partida. O jogador tentou ajudar na defesa e levou um chapéu do adversário, mas deu trabalho no ataque. Aos 35 minutos do primeiro tempo, ao pegar o rebote, ele arriscou um chute de fora da área e acertou o travessão. No segundo tempo, quando o time perdia por 1 a 0, ele saiu para dar lugar a Nenê.

Desempenho do São Paulo

No início do confronto, o Tricolor paulista teve dificuldade segurar o adversário e também não levava perigo ao gol adversário no primeiro tempo. A exceção ficou por conta do chute de Helinho, que parou no travessão, e de uma cabeçada de Arboleda no fim da primeira etapa. Cuca mexeu no time e tentou dar mais força ao ataque, mas o time ainda sofria com os contra-ataques e levou o gol de Ernando.

Desempenho do Bahia

Apesar de ter a vantagem do empate, o Bahia não abriu mão de buscar o ataque. Desde os primeiros minutos, a equipe soube controlar as ações e chegou com perigo ao gol de Tiago Volpi. Os chutes de fora da área também eram uma opção para os donos da casa. Na etapa final, os baianos passaram a apostar mais nos contra-ataques e conseguiram alcançar o objetivo. Ernando, após jogada em velocidade de Artur, abriu o placar.

Cronologia do jogo

Empolgado com a festa da torcida, o Bahia partiu para o ataque logo no início. De cara, no primeiro minuto, os donos da casa assustaram os visitantes com Artur, que bateu bola cruzada na área. O Tricolor baiano ficou perto de abrir o placar aos 21, quando Gilberto foi bloqueado. Pelo lado dos visitantes, a melhor chance foi com o chute de Helinho, que acertou o travessão aos 35.

Com a entrada de Pato, o São Paulo até parecia melhorar no segundo tempo. Mas nos contragolpes o Bahia era quem levava mais perigo. E foi justamente em uma jogada de alta velocidade que os donos da casa fizeram. Artur puxou a bola e tocou para Ernando, que chutou na saída de Tiago Volpi aos 8 minutos. Nervoso, o Tricolor paulista permitiu que o ataque adversário criasse outras oportunidades. Para piorar ainda mais a situação, Arboleda foi expulso aos 41 minutos, por falta cometida em Fernandão, em lance que foi revisado ainda pelo VAR.

Everton passa mal

Everton sofreu uma pancada na cabeça e foi levado ao hospital A reportagem da Rede Globo afirmou que o atacante do São Paulo foi levado ao hospital após sentir náuseas no vestiário ao fim da primeira etapa. O lance aconteceu aos 22 minutos do primeiro tempo, em disputa com o lateral direito do Bahia, Nino Paraíba.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 1 x 0 SÃO PAULO

Motivo: Copa do Brasil - oitavas de final
Local: Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 29/5/2019
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Auxiliares: Luiz Cláudio Regazone (RJ) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)
Árbitro de vídeo: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Cartões amarelos: Douglas Augusto (Bahia); Bruno Alves, Hudson, Igor Vinícius e Reinaldo (São Paulo)
Cartões vermelhos: Arboleda
Gol: Ernando aos 8' do 2º tempo
Público e renda: 36.393 pessoas e R$ 995.799,00

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Ernando, Lucas Fonseca e Moisés; Gregore, Elton e Douglas Augusto (Flávio); Élber (Arthur Caíke), Artur e Gilberto (Fernandão). Técnico: Roger Machado.

São Paulo: Tiago Volpi; Igor Vinícius, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Hudson (Igor Gomes), Tchê Tchê e Hernanes ; Helinho (Nenê), Toró e Everton (Pato). Técnico: Cuca.

Mais Esporte