Topo

Esporte


Alisson apaga pesadelo de Karius e justifica status de "melhor do mundo"

Alisson salvou o Liverpool quando o Tottenham ensaiava empatar o jogo; brasileiro foi um dos destaques da final - Kai Pfaffenbach/Reuters
Alisson salvou o Liverpool quando o Tottenham ensaiava empatar o jogo; brasileiro foi um dos destaques da final
Imagem: Kai Pfaffenbach/Reuters

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

01/06/2019 18h20

Alisson é um dos melhores goleiros do mundo, talvez o melhor. O status adquirido depois da milionária transação para o Liverpool se justificou hoje (01), com atuação soberba na vitória por 2 a 0 sobre o Tottenham, em Madri, pela decisão da Liga dos Campeões. Se havia um pesadelo no clube pela atuação desastrosa de Loris Karius na final do ano passado, ele terminou.

O goleiro alemão, emprestado para o Besiktas nesta temporada depois de falhar em dois gols do Real Madrid na final da Champions do ano passado, ainda promovia uma sombra sobre o Liverpool no torneio. Tanto que o próprio jogador preferiu não viajar à Espanha para evitar qualquer distração para o elenco de Jürgen Klopp.

Alisson custou mais de R$ 320 milhões para afastar de vez esta sombra da insegurança no gol do Liverpool. O desempenho no Campeonato Inglês já valeu o investimento, mas a atuação no jogo mais importante da temporada na Europa apagou qualquer dúvida que pairava sobre a posição do brasileiro entre os maiores da posição na atualidade.

Karius lamenta depois de falhar na decisão da Champions de 2018; alemão acabou emprestado - KAI PFAFFENBACH/Reuters
Karius lamenta depois de falhar na decisão da Champions de 2018; alemão acabou emprestado
Imagem: KAI PFAFFENBACH/Reuters

O goleiro revelado no Internacional solucionou o "problema Karius" no segundo tempo. Quando o placar estava 1 a 0, Alisson fez duas defesas consecutivas, parando Son e Lucas, os jogadores mais perigosos do Tottenham naquele momento. Minutos depois, nova intervenção com uma ponte estilosa para defender arremate preciso de Eriksen, em cobrança de falta.

As defesas do goleiro serviram para assegurar a noite em alto nível da defesa do Liverpool, que desde o segundo minuto de jogo atuou para sustentar a vitória - Salah abriu o placar, de pênalti. Próximo ao fim, Origi anotou o segundo, mas Alisson ainda apareceria mais uma vez para se consagrar.

Já nos acréscimos, Son recebeu dentro da área e arrematou de canhota, firme, no canto. Alisson fez grande defesa para terminar a final da Champions sem ser vazado, algo rotineiro para o ex-Inter com a camisa vermelha do Liverpool.

O desempenho de alto nível rendeu elogios de Jürgen Klopp após o apito final: "Uma grande luta, dois grandes times. O Tottenham é um adversário bastante forte. Os dois não jogaram o melhor futebol hoje, mas nós temos um grande goleiro, que faz defesas difíceis parecerem fáceis", afirmou o técnico.

Foram seis duelos sem buscar a bola na rede no torneio europeu e 21 na campanha histórica de 97 pontos no Campeonato Inglês, que terminou com o vice-campeonato. O melhor goleiro da Premier League se consagra na Champions, semanas antes de assumir a meta do Brasil na Copa América. Boa notícia para Tite: o gol está seguro com o "melhor do mundo".

Mais Esporte