Topo

Torcedores do São Paulo pedem saídas de Leco e Raí em protesto no CT

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo (SP)

01/06/2019 11h56

Centenas de torcedores do São Paulo compareceram na manhã de hoje (01) ao centro de treinamentos do clube, na Barra Funda, para protestar contra a fase do time, recentemente eliminado pelo Bahia na Copa do Brasil.

Com faixas e gritos de ordem na porta do CT, cerca de 400 torcedores pediram as saídas do presidente, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, e do executivo de futebol, Raí.

"Leco, quebra meu galho, sai do São Paulo e vai pra casa do c...", gritaram. "Raí, pede pra sair".

Alguns jogadores também foram alvos de críticas durante o protesto. Jucilei e Nenê foram os mais atacados.

Durante a manifestação, a torcida se disse cansada de "time amarelão" e cobraram o título do Campeonato Brasileiro.

"Não é mole não, o Brasileiro virou obrigação", gritaram.

José Eduardo Martins/UOL
Imagem: José Eduardo Martins/UOL

O técnico Cuca foi poupado das críticas do público. Ontem, o comandante pediu desculpas por ter falado sobre a reformulação do elenco e disse entender a irritação da torcida.

A torcida também protestou contra o funcionário do clube que agrediu um são-paulino no desembarque da equipe, no aeroporto de Congonhas, na última quinta-feira. O segurança foi afastado por tempo indeterminado.

Apesar da irritação dos torcedores, o protesto foi pacífico. Cinco carros de polícia e seguranças particulares se posicionaram para evitar uma possível invasão ao CT.

O São Paulo enfrenta o Cruzeiro amanhã (02) pelo Campeonato Brasileiro. Mais manifestações são esperadas para antes da partida.