Topo

Futebol


Homônima de Najila é ameaçada e não sai de casa: "Como se fosse prostituta"

Najela Trindade é homônima da mulher que acusa Neymar de agressão - Arquivo pessoal
Najela Trindade é homônima da mulher que acusa Neymar de agressão Imagem: Arquivo pessoal

Luiza Oliveira

Do UOL, em São Paulo

06/06/2019 12h00

Uma homônima da mulher que acusa Neymar de estupro está sofrendo graves consequências por ter seu nome envolvido no escândalo. Najela Trindade está sendo confundida com a modelo por ter o mesmo nome, apesar da grafia diferente. Ela vem sofrendo ameaças, insultos e diz que sua vida se transformou em um inferno desde que o caso veio à tona.

Najela se assustou quando acordou no último domingo e viu suas redes sociais serem invadidas por pessoas com discurso bastante agressivo em relação a ela. Ela contabilizou mais de mil mensagens no Facebook e no Instagram. Os haters saíam em defesa de Neymar e a acusavam de ser uma aproveitadora e de tentar prejudicar o jogador.

"Eles dizem que sou oportunista e que estou fazendo isso para posar na Playboy, que sou garota de programa e quero um cara para me sustentar e sustentar meu filho, sendo que sou casada. Me chamam de mentirosa, de cobra e dizem que estou querendo fama através do jogador. Falam coisas do meu filho, que meu filho é feio. São coisas absurdas", relata. Uma moça me mandou uma mensagem me chamando de vagabunda porque eu acabei com a vida do jogador. Acham que ele me deu um chute na bunda e que por isso quero acabar com carreira dele", conta.

Algumas coincidências que unem as duas mulheres contribuíram ainda mais para a confusão. Além do nome, ambas têm um filho pequeno e uma foto nas redes sociais em que aparecem com o cabelo loiro e uma camiseta regata preta. Apesar disso, elas têm vida bem diferentes. Najela trabalha como manicure, é casada e mora em São José-SC, diferentemente da modelo que vive em São Paulo e é divorciada.

O problema tem afetado de forma profunda a vida de Najela e seus familiares. Desde que estourou o escândalo, a mãe dela também tem recebido ofensas e o marido virou alvo de insultos e piadas. Os xingamentos que o colocam como "corno" são frequentes e há até quem o acuse de ter se unido à mulher para dar um golpe em Neymar.

Diante disso, Najela foi obrigada a mudar a sua rotina e evita sair de casa com medo de sofrer agressões. Nesta semana, ela não trabalhou e achou mais seguro não atender clientes. Até o filho de um ano só tem ficado dentro de casa.

"Eu trabalho em casa com alongamento de unha. Não estou exercendo a minha profissão. Tem homens mandando mensagens e perguntando se faço unha de homem. Isso me trouxe medo. Acho que pode ser gente tentando me enganar. O meu filho tinha uma rotina normal de criança. A gente saía para brincar, os avós sempre saíam com ele para passear. Mas não tem como tirar ele de casa mais".

Nesta semana, ela saiu na rua apenas uma vez para procurar um advogado. "Andei na rua e as pessoas me olharam diferente. Quando tu passa, vê que comentam sobre ti. São risadas, piadinhas, estou evitando sair na rua. Só saí na rua para ir no advogado. Porque eu estou com medo de sair na rua, ainda mais com meu filho. Tenho medo que alguém me faça passar vergonha".

Além dos haters, Najela vem convivendo com a falta de responsabilidade de veículos de imprensa. Diversos sites usaram as fotos dela atribuindo à mulher que acusa Neymar. Sua imagem também foi usada em um clipe no Youtube com músicas de letras de baixo calão. Nas redes sociais, perfis falsos foram criados nas redes sociais com a imagem de Najela.

"Um perfil fake com meu nome e a minha foto está agendando programa com vários homens. Um advogado ofereceu serviço e disse que o pagamento teria que ser com condições absurdas de cunho sexual. Pessoas estão marcando programa como se fosse eu".

Najela contratou o advogado Marcus Vinícius Stopassoli para saber como proceder. Ela foi orientada a fazer um texto no Facebook esclarecendo o mal entendido. Depois, postou um vídeo explicando mais uma vez que a mulher que acusa Neymar é outra pessoa. Mas a estratégia ainda não adiantou e até teve efeito contrário. Mais uma vez foi inundada por críticas de pessoas dizendo que ela está mentindo e acusando de pintar o cabelo para disfarçar.

Najela ressalta ainda o machismo envolvendo não só ela, como também sua homônima em um caso que ainda está sendo investigado pela Justiça. "Todo mundo que comentou foi a favor dele. E ainda falam que eu estuprei ele. A única coisa que o criticam é que ele não fez o que deveria ter feito, terminado o serviço. Dizem que vão fazer o que ele não fez. As pessoas são psicopatas, meu Deus, o que falam são absurdos. Ninguém tem filho ali? Ninguém é pai, mãe? Ninguém se colocou na situação".

Mais Futebol