Topo

Brasileirão - 2019


STJD adia julgamento de impugnação de Botafogo x Palmeiras para 18 de junho

Vitor Silva/Botafogo
Botafogo tenta anular no STJD a derrota por 1 a 0 para o Palmeiras pelo Campeonato Brasileiro Imagem: Vitor Silva/Botafogo

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

2019-06-07T13:43:57

07/06/2019 13h43

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) adiou hoje o julgamento do pedido do Botafogo para anular a partida contra o Palmeiras, por suposto uso indevido do árbitro de vídeo (VAR), para o dia 18 de junho, uma terça-feira, em sessão que acontecerá em Salvador. O caso estava inicialmente previsto para ser julgado no dia 13, quinta-feira da semana que vem, em São Paulo.

O relator do caso, Décio Neuhaus, pediu para que o julgamento fosse retirado da pauta do dia 13 porque solicitou à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) o envio do relatório do VAR, para que o documento seja acrescentado aos autos do processo. Segundo ele, o material só deve chegar na próxima semana e ficaria "muito apertado" julgar na próxima quinta-feira. Ele afirmou que não vê prejuízo ao campeonato com o adiamento.

Além disso, segundo o STJD, o Botafogo também pediu adiamento porque o advogado do clube carioca já teria um compromisso marcado para o dia 13.

O Botafogo pede a impugnação da partida alegando que o VAR foi usado de forma indevida, o que representaria um erro de direito e possibilitaria anular o jogo, que terminou com vitória do Palmeiras por 1 a 0. No lance polêmico, o árbitro reverteu uma marcação de simulação do atacante Deyverson após consultar o vídeo e assinalou pênalti para o time paulista. Gustavo Gómez cobrou e fez o gol.

A alegação do Botafogo é que o VAR não poderia ter sido consultado, já que o juiz já teria dado autorização para que a partida fosse reiniciada após marcar simulação de Deyverson e dar cartão amarelo ao palmeirense. Os dois clubes, porém, veem a possibilidade de que o resultado seja anulado como bastante pequena.

Até o julgamento acontecer, os três pontos que o Palmeiras conquistou no jogo estão provisoriamente suspensos pela CBF. Ainda assim, o Verdão lidera o Campeonato Brasileiro com 16 pontos, um a mais que o Atlético-MG.