Topo

Futebol


Ex-marido foi quem relatou sumiço do tablet onde estaria vídeo, diz Najila

Reprodução/TV Record
Najila Trindade em entrevista à Record Imagem: Reprodução/TV Record

Luiza Oliveira

Do UOL, em São Paulo

2019-06-09T04:00:00

09/06/2019 04h00

Najila Trindade afirmou que um tablet foi furtado de seu apartamento. Em depoimento à Polícia Civil na última sexta-feira, ao qual o UOL Esporte teve acesso na íntegra, ela afirmou que foi o seu ex-marido, Estivens Alves, quem relatou o desaparecimento do aparelho. No depoimento, Najila diz que não chegou a ir à residência em um bairro da Zona Sul de São Paulo por causa do assédio da mídia, mas que soube por Estivens que o "Ipad" havia sumido.

"A declarante afirma que seu ex-companheiro e pai de seu filho, Estivens Alves, esteve em seu apartamento na data de 06/06/2019 para pegar alguns pertences e lhe informou que seu "Ipad", entre outros objetos, não estavam mais lá. A declarante afirma que não chegou a ir até o apartamento em razão de toda a exposição da mídia, bem como, não chegou a registrar até o momento tais fatos", diz o trecho do depoimento.

A informação é relevante porque seria esse equipamento que conteria o vídeo com o segundo encontro com Neymar em Paris. Um trecho de pouco mais de um minuto vazou durante a semana, mas a íntegra ainda não foi divulgada - e não foi entregue à polícia.

Najila Trindade alega que seu apartamento foi invadido na última quinta-feira e que alguns itens foram roubados. Ela sentiu falta do tablet, de um relógio e uma quantia em dinheiro que estava dentro de uma bolsa, segundo informação noticiada pela TV Globo.

No mesmo dia, ela informou ao advogado Danilo Garcia de Andrade que no aparelho estava um vídeo com duração de 7 minutos, que seria uma versão estendida daquele de cerca de um minuto que vazou para a imprensa e que mostrava uma discussão com Neymar dentro do quarto do hotel.

A modelo diz que foi informada por sua funcionária Rosângela que a residência havia sido arrombada. "A declarante afirma que pediu para Rosangela, sua amiga, pegasse alguns pertences em seu apartamento. A declarante afirma que Rosangela lhe contou que seu apartamento havia sido invadido, mas ela não ingressou no mesmo, não se recordando de mais detalhes do que Rosangela lhe contou pois estava 'dopada'", revela outra parte do depoimento.

No mesmo dia, a Polícia Civil foi até o local para averiguar o caso. As autoridades fizeram uma vistoria na casa da modelo e, segundo apurou a reportagem, os indícios de arrombamento existem, mas são leves. Foram encontradas ainda duas marcas de impressões digitais pertencentes a Najila e um amigo que costuma frequentar a residência. A polícia espera o laudo da perícia ficar pronto para dizer se houve ou não o arrombamento.

Mais Futebol