Topo

Futebol


Inglaterra vence Suíça nos pênaltis e fica em terceiro na Liga das Nações

Dele Alli conduz a bola acompanhado de perto pela marcação de Michael Lang na partida entre Suíça e Inglaterra pela Liga das Nações - TF-Images/Getty Images
Dele Alli conduz a bola acompanhado de perto pela marcação de Michael Lang na partida entre Suíça e Inglaterra pela Liga das Nações Imagem: TF-Images/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

09/06/2019 12h50

Inglaterra e Suíça entraram em campo na manhã de hoje (09) para definir quem ficaria com o terceiro lugar da Liga das Nações. E não foi fácil para definir quem ocuparia o posto. Após empate em 0 a 0 no tempo normal, a partida foi para a prorrogação e ambas as equipes não conseguiram alterar o placar. Na decisão por pênaltis, brilhou a estrela do goleiro Pickford, que defendeu a cobrança de Drmic para colocar a Inglaterra na terceira colocação do torneio.

Pickford marca de pênalti e salva Inglaterra ao defender cobrança

Pickford defende cobrança de pênalti e salva a Inglaterra - Craig Mercer/Getty Images
Pickford defende cobrança de pênalti e salva a Inglaterra
Imagem: Craig Mercer/Getty Images

O goleiro Pickford não foi ameaçado durante os 120 minutos de partida contra a Suíça. Após um jogo tranquilo, brilhou a estrela do defensor nas penalidades: ele converteu a última cobrança da série normal ao bater forte no canto esquerdo de Sommer e defendeu a cobrança de Drmic na série alternada, garantindo o terceiro lugar para a Inglaterra

Sterling não repete boas atuações do City

Sterling teve atuação abaixo da média e desperdiçou boas chances - Jan Kruger/Getty Images
Sterling teve atuação abaixo da média e desperdiçou boas chances
Imagem: Jan Kruger/Getty Images

O atacante Raheem Sterling não foi nem sombra do jogador que encantou os ingleses nesta temporada com a camisa do Manchester City. O atleta teve boas oportunidades para balançar a rede, mas não conseguiu converter as chances.

Harry Kane tem atuação apagada

Harry Kane teve atuação apagada e foi substituído - Pedro Fiaza/Getty Images
Harry Kane teve atuação apagada e foi substituído
Imagem: Pedro Fiaza/Getty Images

Após voltar aos gramados na final da Liga dos Campeões depois de um longo período afastado por lesão, Harry Kane, assim como na final europeia, teve atuação apagada. O atacante participou de dois bons lances antes dos 20 minutos de jogo e quase balançou a rede em um deles. Contudo, ele caiu de ritmo rápido e passou o resto da partida apagado, sendo substituído aos 18 minutos da segunda etapa.

Atuação da Inglaterra

Dele Alli criou as principais chances da Inglaterra - TF-Images/Getty Images
Dele Alli criou as principais chances da Inglaterra
Imagem: TF-Images/Getty Images

A Inglaterra chegou à disputa de terceiro lugar após ser eliminada pela Holanda na prorrogação. No entanto, o time inglês mostrou que não sentiu a derrota e dominou a partida desde o início. As principais oportunidades foram criadas pela equipe do técnico Gareth Southgate, mas a falta de capricho na hora de concretizar as jogadas tornou tudo mais difícil para a seleção inglesa. O destaque da partida durante os 120 minutos de bola rolando foi o meia-atacante do Tottenham Dele Alli, que levou perigo ao gol de Sommer em cabeçadas e se movimentos bastante no setor ofensivo.

Atuação da Suíça

Xhaka reclama com seus colegas de equipe - TF-Images/Getty Images
Xhaka reclama com seus colegas de equipe
Imagem: TF-Images/Getty Images

A Suíça vinha fazendo boa campanha até encontrar pela frente a seleção portuguesa liderada por Cristiano Ronaldo. E, ao que tudo indica, a derrota pesou no moral do elenco suíço, que foi amplamente dominado durante toda a partida contra a Inglaterra. A partida só chegou até a prorrogação mais por incompetência dos ingleses que por mérito dos suíços.

Cronologia do jogo

A Inglaterra começou a partida com tudo e por pouco não abriu o placar logo no início. Lingard deu bom toque em profundidade para Harry Kane. O atacante do Tottenham deu boa cavadinha para tirar de Sommer, mas a bola, caprichosamente, bateu na trave. Mais tarde, Kane teve seu momento garçom e colocou Sterling na cara do gol, mas Sommer impediu o gol do jovem do City. Aos 28 minutos, Sterling furou a bola e perdeu outra boa chance de abrir o placar.

Dele Alli cabeceou muito bem aos 34 minutos, mas a bola passou por cima do gol de Sommer. Seferovic, aos 38, desperdiçou boa chance após contra-ataque rápido da Suíça.

Já na segunda etapa, a Inglaterra seguiu tomando a iniciativa do confronto. Harry Kane cabeceou bola com perigo, mas viu a arbitragem anular o lance após flagrar uma falta do atacante no lance. A resposta da Suíça veio em contra-ataque: Shaqiri partiu em velocidade e rolou para Xhaka finalizar de fora da área, mas Pickford mandou para escanteio.

Sterling também desperdiçou chance clara após cruzamento para a área da Suíça. O atacante ficou pedindo pênalti alegando ter sido empurrado, mas a arbitragem sequer usou o VAR para checar o lance. Callum Wilson, que entrou na vaga de Kane, chegou a marcar para a Inglaterra, mas o árbitro viu falta do atacante na origem da jogada ao analisar o lance no VAR e anulou o gol.

A partida foi para a prorrogação e seguiu no mesmo ritmo do tempo normal: Inglaterra pressionando e Suíça retrancada. Após mais 30 minutos de jogo, a melhor chance foi de Sterling, que carimbou o travessão em cobrança de falta. No entanto, ninguém balançou as redes e a partida foi para os pênaltis.

A Inglaterra teve 100% de aproveitamento, já que Maguire, Barkley, Sancho, Sterling, Pickford e Dier converteram suas cobranças. Na série normal, Zuber, Xhaka, Akanji, Mbabu e Schar anotaram seus gols, mas Drmic desperdiçou a penalidade na série alternada e a seleção inglesa ficou com o terceiro lugar.

15 milhões de euros em jogo

A partida que definiu o terceiro lugar da Liga das Nações também representou uma boa grana para os envolvidos. A organização do torneio vai desembolsar oito milhões de euros para premiar a Inglaterra, enquanto a Suíça ficará com sete milhões de euros.

Ficha técnica

Suíça X Inglaterra

Data: 09/06/2019

Local: Estádio D. Afonso Henriques, Guimarães (POR)

Horário: 10h (de Brasília)

Cartões amarelos: Jesse Lingard e Danny Rose pela Inglaterra e Granit Xhaka pela Suíça.

Suíça: Sommer; Fabian Schar, Manuel Akanji, Nico Elvedi, Kevin Mbabu; Granit Xhaka, Remo Freuler, Ricardo Rodriguez (Josip Drmic - 41 min do 2º tempo); Xherdan Shaquiri (Steven Zuber - 19 min do 2º tempo), Edimilson Fernandes (Denis Zakaria - 15 min do 2º tempo), Haris Seferovic (Noah Okafor - 7 min do 2º tempo da prorrogação). Técnico: Vladimir Petkovic.

Inglaterra: Jordan Pickford; Alexander-Arnold, Joe Gomez, Harry Maguire, Danny Rose (Kyle Walker - 24 min do 2º tempo); Eric Dier, Fabian Delph (Ross Barkley - 2º tempo da prorrogação), Dele Alli, Raheem Sterling, Jesse Lingard (Jadon Sancho - 2º tempo da prorrogação); Harry Kane (Callum Wilson - 29 min do 2º tempo). Técnico: Gareth Southgate.

Árbitro: Ovidiu Hategan

Assistentes: Sebastian Gheorghe e Octavian Sovre

Mais Futebol