Topo

Cruzeiro

Cruzeiro atrasa parte dos salários, mas pretende quitar débito ainda hoje

Bruno Haddad/Cruzeiro
Presidente Wagner Pires de Sá vem enfrentando dificuldades financeiras na cadeira principal do Cruzeiro Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro

Enrico Bruno e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

2019-06-11T13:21:27

11/06/2019 13h21

A diretoria do Cruzeiro ainda não pagou parte dos salários de profissionais do seu quadro administrativo. Apesar de estar em dia em relação aos vencimentos dos jogadores, o clube ainda não executou o pagamento para todos os seus funcionários.

A reportagem confirmou o atraso de parte dos salários com quatro fontes distintas dentro do clube. Procurada, a assessoria do Cruzeiro informou que não irá se manifestar sobre o assunto. No entanto, ainda segundo apuração do UOL, a diretoria pretende quitar todas as pendências até o fim desta terça-feira (11).

A manhã de hoje também começou com outra notícia desagradável em relação à diretoria celeste. A Minas Arena, administradora do Mineirão, informou que desfez seu acordo de fidelidade com o Cruzeiro por causa de uma dívida que o clube tem no valor superior a R$26 milhões e que ainda não foi paga. Em contato com a reportagem, a assessoria de imprensa da Raposa informou que "o contrato de fidelidade com a Minas Arena segue em vigência e está discutindo de boa fé os eventuais valores pendentes desde a administração anterior na esfera judicial".