Topo

Balancete aponta que Fla investiu mais de R$ 130 milhões em contratações

Arrascaeta foi a contratação mais cara da história do Flamengo - Marcelo Cortes / Flamengo.com.br
Arrascaeta foi a contratação mais cara da história do Flamengo Imagem: Marcelo Cortes / Flamengo.com.br

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

14/06/2019 16h17

O Flamengo divulgou o balancete referente do primeiro trimestre de 2019 - primeiro ano de mandato de Rodolfo Landim. No documento, estão explicitados, dentre outros valores, os montantes gastos nas contratações de Rodrigo Caio, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabriel Barbosa, além da renovação de Diego. Somando-se direitos econômicos/ Luvas e custos de transação, o Rubro-Negro desembolsou, entre 1 de janeiro e 31 de março, R$ 136.606 milhões

Para contar com Arrascaeta, jogador mais caro da história do Flamengo, o clube envolveu R$ 80.354 milhões, sendo R$ 25.013 milhões para o Defensor, do Uruguai, e mais R$ 55.341 milhões para o Cruzeiro. O Flamengo adquiriu 75% dos direitos do meia e tem com ele um vínculo que vai até 2023.

Já no caso do atacante Bruno Henrique, que estava no Santos, o Rubro-Negro pagou R$ 25.887 milhões, sendo R$ 23 milhões ao Peixe, R$ 1.277 milhões à D3 Consultoria Esportiva Ltda e mais R$ 1.610 à Yesport Marketing Esportivo Ltda. Contrato vai até 2021.

Reprodução
Imagem: Reprodução


A negociação de Gabigol foi por empréstimo junto à Inter de Milão, da Itália, mas o Flamengo pagou R$ 3 milhões em luvas e mais R$ 1.057 milhão à empresa 4 Comm Marketing & Carrier Management Ltda.

Na tratativa do zagueiro Rodrigo Caio, foram envolvidos R$ 24.445 milhões. Destes, R$ 21.200 milhões para o São Paulo, clube que tinha os direitos do jogador, e mais R$ 3.359 à Unick Football Consultoria e Mkt Esportivo Ltda.

Diego, que renovou contrato no início da temporada até o fim do ano que vem, também fez com que diretoria mexesse nos cofres, mas em um impacto menor. No caso do camisa 10, foram pagos R$ 849 mil à 3D Negócios Imobiliários e Intermediações Ltda.

O documento aponta ainda que houve um superávit de R$ 43.322 milhões, tendo como receita operacional líquida R$ 239.713 e despesas de R$ 196.392 milhões.

Recentemente, o clube anunciou a contratação de Rafinha, que estava no Bayern de Munique, da Alemanha, e do técnico Jorge Jesus. A diretoria ainda está no mercado em busca de novos reforços.

Errata: o texto foi atualizado
Diferente do informado anteriormente, o superávit foi de R$ 43,3 milhões. O erro foi corrigido.
ESPN, Ei PLus e Fox Sports

Assista aos jogos e programas de ESPN, EI Plus e Fox Sports sem TV a cabo.