Topo

Futebol


Atacante de 1,75 m faz golaço e chama atenção no Espanhol sub-12

Divulgação
Ibrahima Sow, sub-12 do Sevilla, disputa bola com rival do Villarreal; disparidade física chama atenção Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

2019-06-15T13:01:23

15/06/2019 13h01

O atacante Ibra Sow vem chamando atenção no torneio "La Liga Promises", considerado o campeonato espanhol para atletas sub-12. Com 1,75 m aos 12 anos, o jogador de ascendência senegalesa leva vantagem física sobre muitos de seus rivais, mas também é a referência técnica, capitão e camisa 10 do Sevilla, que avançou às quartas de final da competição.

Uma imagem de Ibra disputando bola com um adversário menor em partida contra o Villarreal, durante a fase de grupos, viralizou nas redes sociais nas últimas horas. Ibrahima está no Sevilla há um ano e é considerado uma das grandes promessas das categorias de base do clube andaluz. O jornal "Marca" classificou como "um bestial golaço" o tento que ele marcou no clássico com o Bétis, após driblar zagueiro e goleiro com um único toque na bola.

O lance converteu Ibra na "sensação do torneio", de acordo com o principal periódico esportivo da Espanha. Com sua ajuda, o Sevilla chegou às quartas de final e jogará contra o Celta de Vigo ainda hoje. Semifinais e finais estão marcadas para amanhã.

Reprodução
Imagem: Reprodução

Ibra chegou no Sevilla após se destacar no Málaga. Convocado pela seleção da Andaluzia, o atacante foi campeão espanhol de torneio entre seleções de cada região do país. Bakary, seu irmão um ano mais velho, também joga na base do Sevilla. Em uma entrevista publicada há quatro meses, o camisa 10 se disse "ambidestro e capaz de jogar em várias posições" e se afirmou muito grato ao Sevilla. Em seu tempo livre, gosta de jogar ping pong no alojamento.

"Aqui se trabalha muitas coisas, mas principalmente no nível pessoal. Sei que, se uso a camisa do Sevilla, tenho que me portar como exemplo, seja na rua, seja na sala de aula, seja onde for. Aqui se trabalha a humildade, o respeito e a capacidade de nunca se render", disse o jovem atleta.

Mais Futebol