Topo

Esporte


Após saída do PSG, Buffon deixa futuro em aberto e diz que procura "emoção"

FRANCK FIFE / AFP
Buffon, durante aquecimento do PSG Imagem: FRANCK FIFE / AFP

Do UOL, em São Paulo

2019-06-16T11:42:36

16/06/2019 11h42

Aos 41 anos, Gianluigi Buffon tem futuro incerto no futebol. Após deixar o Paris Saint-Germain, o goleiro italiano revelou ao jornal "Corriere dello Sport" que procura "emoção" para a sequência da carreira e não descarta pendurar as luvas para buscar outras experiências.

"Cinco meses atrás, o PSG havia me dito que no final da temporada eu ficaria na reserva. Desde janeiro tive muito tempo para pensar nisso e cheguei à conclusão de que não é para mim, então desisti de muito dinheiro e da opção de mais um ano (de contrato). O pedido deles era absolutamente compreensível e a oferta atraente. Mas, como eu te disse, aos 41 anos eu tenho uma necessidade quase física de emoção. Emoção que significa energia, sonho, sentir-se como parte de algo", disse Buffon em entrevista publicada hoje (16).

"Hoje me vejo como um ano atrás, num estado de relaxamento total onde tudo está aberto e tudo pode acabar em doze meses ou em quinze dias. Algumas boas propostas chegaram, mas se eu perder o entusiasmo que quero, posso decidir me dar um ano todo para mim, todo meu. Um ano de aprendizado", completou.

Desde que anunciou a saída do PSG, Buffon tem sido especulado em diversos clubes. O veterano chegou até mesmo a ser oferecido ao Fluminense. No entanto, o Parma, da Itália, é apontado como provável destino para o goleiro.

Campeão do mundo com a seleção italiana em 2006, Buffon teve passagem curta pelo Paris Saint-Germain depois de longa trajetória na Juventus. Na última temporada, ele não repetiu o brilho de anos anteriores e não conseguiu se firmar na França.

Mais Esporte