Topo

Palmeiras

Líder, Palmeiras terá desafio de quebrar tendência após pausa no Brasileiro

REUTERS/Amanda Perobelli
Deyverson comemora gol do Palmeiras em jogo contra Avaí pelo Campeonato Brasileiro Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

2019-06-16T04:00:00

16/06/2019 04h00

Líder isolado e dono do melhor início do Brasileirão em sete anos, o Palmeiras terá um desafio na retomada do campeonato. As paradas na competição nacional nos últimos anos dificultaram a vida da maior parte dos primeiros colocados.

Na era dos pontos corridos, a única exceção é o Cruzeiro, que em 2014 ocupava a primeira posição na pausa da Copa do Mundo e manteve a posição ao fim das 38 rodadas. Nos Mundiais de 2006, 2010 e 2018, e na Copa das Confederações 2013, o líder no momento da parada não conseguiu levantar a taça meses depois.

O Palmeiras, inclusive, conseguiu desbancar um deles. No ano passado, o Flamengo liderava o Brasileirão na pausa para a Copa da Rússia. O time carioca somava 27 pontos em 12 rodadas, mas viu o Palmeiras, que era o sexto colocado com 19 pontos, crescer na tabela. A equipe alviverde passou a ser comandada por Luiz Felipe Scolari na 17ª rodada e arrancou rumo ao título - os rubro-negros ficaram com o vice-campeonato.

Em 2006, o Cruzeiro era o líder com 21 pontos na pausa para o Mundial da Alemanha, que aconteceu depois da 10ª rodada. O time mineiro caiu de produção e terminou o campeonato em 10º. O São Paulo, terceiro colocado antes da Copa, sagrou-se campeão com 78 pontos, contra 53 dos cruzeirenses.

Quatro anos depois, foi a vez do Fluminense sair da terceira posição para a liderança. O Corinthians, por sua vez, deixou a escapar o primeiro lugar, conquistada depois de sete partidas disputadas antes da parada do Mundial da África do Sul.

Antes da Copa das Confederações 2013, que foi disputada no Brasil, o Coritiba assegurou a ponta do Brasileirão ao fim de cinco rodadas. Mas o time perdeu fôlego na retomada e fechou o campeonato na 11ª posição. Já o Cruzeiro saltou da quinta colocação para o título nacional sob o comando de Marcelo Oliveira.

Na edição 2019, o Palmeiras soma 22 pontos, dois a mais que o Santos. Vale ressaltar que os três pontos conquistados na vitória sobre o Botafogo foram suspensos pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) - o julgamento acontecerá na próxima terça-feira (18).

Na retomada do Brasileirão, o Palmeiras enfrentará o São Paulo no Morumbi, em clássico válido pela décima rodada. O jogo será disputado no dia 13 de julho, sábado.

Após a vitória por 2 a 0 sobre o Avaí na última quinta-feira (13), Felipão voltou a descartar um favoritismo absoluto do Palmeiras no campeonato. "Nove rodadas é campeão? Nem aqui, nem na China. Nove jogos. São 27 pontos. O time está jogando bem, está organizado, bem posicionado, tem espírito bom. Mas tem 87 pontos para disputar. Então, calma, porque tem outras equipes que estão bem", disse.