Topo

São Paulo

Rei das finais? Antony prova ser decisivo com gols em três decisões de 2019

Fernando Torres / CBF
Aos 19 anos, Antony cresce em momentos decisivos e brilha em três finais seguidas Imagem: Fernando Torres / CBF

Arthur Sandes

Do UOL, em São Paulo

2019-06-16T04:00:00

16/06/2019 04h00

O 2019 de Antony tem sido fora de série. O atacante são-paulino marcou um gol contra o Japão ontem, na final do Torneio de Toulon, e foi fundamental para o título da seleção brasileira olímpica. Foi o terceiro gol dele em três finais disputadas nesta temporada, com saldo de dois troféus conquistados.

Antony abriu a temporada com ótima campanha e título da Copa São Paulo de Juniores, incluindo um gol e uma assistência na decisão contra o Vasco. Ao todo foram quatro gols e seis passes em toda a competição, desempenho que o alçou a novo patamar no elenco tricolor. Ele já havia subido ao elenco principal no ano passado, é verdade, mas foi na Copinha que decolou e começou a superar as expectativas.

Tanto que abriu o Paulistão como titular e, nas próprias palavras, alcançou um sucesso meteórico em poucos meses. "Esse campeonato fez surgir um novo Antony, talvez um Antony que eu nem imaginava que existisse", escreveu após a final, que contou com gol dele mas acabou vencida pelo rival Corinthians.

Mais recentemente, a ida para o Torneio de Toulon foi motivo de discussão entre os são-paulinos. Alguns torcedores criticaram a opção de Antony por servir à seleção brasileira em um período no qual o Tricolor contava com seus serviços - principalmente no mata-mata contra o Bahia na Copa do Brasil. Mas a escolha rendeu frutos ao jogador, que mais uma vez marcou gol em final: abriu o placar contra o Japão, que ainda buscou o empate mas caiu para o Brasil nos pênaltis.

Contando assim até parece que Antony é um grande artilheiro, mas a verdade é que ele tem apenas dois gols como profissional do São Paulo - um deles em final. Também foram dois no Torneio de Toulon - um na final, é claro. Mais impressionante do que a evolução que o garoto tem vivido é a proporção de gols em decisões, nas quais a estrela dele mais brilha.

A má notícia é que Antony não tem mais finais para jogar em 2019. O São Paulo disputa apenas o Campeonato Brasileiro após ser eliminado da Copa do Brasil e da Libertadores, de modo que o torcedor espera que a mágica do atacante em finais apareça também nos pontos corridos.