Topo

Futebol


Meio-campo é foco da Venezuela em treino atrasado por chuva na Bahia

Gabriel Carneiro/UOL
Venezuela treinou apenas duas vezes em Salvador antes de enfrentar a seleção brasileira pela 2ª rodada Imagem: Gabriel Carneiro/UOL

Gabriel Carneiro

Do UOL, em Salvador

2019-06-17T19:46:14

17/06/2019 19h46

A seleção da Venezuela encerou sua preparação para enfrentar o Brasil pela segunda rodada da fase de grupos da Copa América com um treino hoje à noite no estádio de Pituaçu. A atividade estava marcada para começar às 18h, mas as fortes chuvas que atingem Salvador e o trânsito da cidade atrasaram em pelo menos meia hora o início dos trabalhos. Inclusive, o treino seria realizado na Arena Fonte Nova, local da partida, mas as preocupações com o estado do gramado pelas chuvas mudaram os planos da Conmebol.

VEJA TAMBÉM

COL explica renda em jogo da seleção com ingresso a R$ 2043 .

Tite indica Arthur no lugar de Fernandinho para pegar Venezuela

Criticada por Colômbia e Argentina, Fonte Nova fica sem treinos

Nos 15 minutos abertos à imprensa em Pituaçu foi possível observar conversas individuais do técnico Rafael Dudamel com dois jogadores: os volantes Junior Moreno e Yangel Herrera, que serão responsáveis pela marcação da Venezuela no meio-campo na partida de amanhã.

A Venezuela entrará em campo desfalcada apenas do lateral-esquerdo Luis Mago, expulso no empate sem gols contra o Peru da abertura da Copa América. Ronald Hernández deverá ser o substituto. A provável escalação é a seguinte: Faríñez; Rosales, Chancellor, Villanueva e Hernández; Junior Moreno, Rincón e Herrera; Savarino (Soteldo), Salomón Rondón e Murillo.

A Venezuela fez somente dois treinamentos entre os jogos contra Peru e Brasil, ambos em Pituaçu e com apenas 15 minutos abertos à imprensa. Em nenhum deles houve presença de torcedores no estádio.

Mais Futebol