Topo

Internacional

Neilton é pouco aproveitado e passa primeiro semestre em branco no Inter

Ricardo Duarte/Inter
Neilton não conseguiu se consolidar como alternativa na equipe do Internacional Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

2019-06-17T04:00:00

17/06/2019 04h00

Neilton não conseguiu se firmar como alternativa frequente ao setor ofensivo do Inter. Com poucas chances no primeiro semestre, o ex-Botafogo, Santos e São Paulo mira voltar ao topo da lista de alternativas no após o recesso.

Foram apenas 14 partidas, um total de 766 minutos em campo, e nenhum gol marcado. Atrapalhado por algumas lesões e períodos afastado da equipe, Neilton viu Guilherme Parede ganhar espaço, D'Alessandro entrar de vez na equipe, Nonato alternar com Patrick, e as oportunidades ficarem cada vez mais raras.

No banco na partida contra o Bahia, a última antes do recesso, ele acompanhou até Wellington Silva, que também não atua com frequência, ser chamado para entrar, e ele não.

A última vez que Neilton ganhou oportunidade foi em 19 de maio, durante 18 minutos na vitória do Colorado contra o CSA.

Contratado no início do ano após uma boa temporada pelo Vitória, com 21 gols em 56 jogos, Neilton tem por objetivo se firmar no grupo e aumentar a quantidade de minutos no segundo semestre. Com 24 anos, a ligação ao Inter se dá por empréstimo até o fim do ano.