Topo

Esporte


Português do Qatar encantou Xavi e protagoniza projeto para Copa de 2022

Pedro Correa em ação pelo Qatar na partida contra o Paraguai - Thiago Ribeiro/AGIF
Pedro Correa em ação pelo Qatar na partida contra o Paraguai
Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Diego Salgado, José Edgar de Matos e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo (SP)

19/06/2019 12h00

O Qatar se encontra em processo de formar a própria escola de futebol. Enquanto não nacionaliza totalmente a própria seleção, já que oito atletas nasceram fora do país, o time conta com este apoio estrangeiro para reforçar o projeto para o Mundial de 2022. Nesta pauta, um dos pilares é o português Pedro Correa, desde 2016 na seleção árabe e provável titular para o jogo de hoje (19) contra a Colômbia, às 18h30 (de Brasília), no Morumbi, pela segunda rodada da Copa América.

O jogador português começou a trajetória no país árabe em 2010, quando começou a defender o Al Ahli. A regularidade do defensor, que atua tanto como zagueiro central quanto lateral direito, chamou a atenção de Xavi e do Al Sadd. A lenda do Barcelona encerrou a carreira de jogador no Qatar e transformou-se em um mentor de Pedro Correa no clube.

"O Xavi é o Xavi [risos]. É um privilégio. No meu primeiro dia no Al Sadd, ao entrar no vestiário, o primeiro abraço que recebi foi dele. Xavi se levantou e veio falar comigo, desejar boa sorte e disse que poderia contar com ele. É um monstro sagrado", declarou Ró-Ró, em entrevista ao site português Mais Futebol.

A experiência de cinco anos na base do Benfica e o início de trajetória em Portugal aceleraram o sucesso de Pedro Correa no Qatar. Hoje um jogador acostumado à rotina em um país de cultura muito diferente, o atleta luso possui respeito e é tratado como peça fundamental para a evolução da equipe catariana.

"O Pedro tem muitos problemas quando tem de marcar o Hassan nos treinos [risos], mas é um ótimo jogador. Muito focado, muito disciplinado, muito profissional e sai para o ataque. Treina forte, joga forte, muito querido por toda a comissão e todos os jogadores. Pessoa muito respeitada e gostamos muito dele, mas cada um da melhor de si e ele é mais um no grupo", afirmou o técnico Félix Sánchez Bas, em coletiva concedida ontem (18), no Morumbi.

Pedro Correa é descrito por quem acompanha como um "versátil defensor" e figura importante da seleção que enfrenta hoje (19) a Colômbia, no Morumbi, pela segunda rodada da Copa América.

O time árabe empatou na primeira rodada diante do Paraguai (2 a 2) e pode encaminhar a classificação às quartas de final em caso de vitória sobre os favoritos colombianos.

Mais Esporte