Topo

Esporte


Agente de Buffon afirma que goleiro decidirá futuro nos próximos dez dias

Buffon, durante aquecimento pelo PSG - Thomas SAMSON / AFP
Buffon, durante aquecimento pelo PSG Imagem: Thomas SAMSON / AFP

Do UOL, em São Paulo

21/06/2019 15h22

Um dos maiores goleiros da história do futebol, Gianluigi Buffon está muito próximo de decidir qual será o clube que defenderá na próxima temporada. Nesta sexta-feira (21), o agente do jogador italiano, Silvano Martina, afirmou que o atleta fará sua decisão nos próximos dez dias e que avaliará muito bem todas as propostas que recebeu desde que anunciou que não continuaria no Paris Saint-Germain.

Além de destacar que o experiente arqueiro decidirá logo seu futuro, o agente também afirmou, em entrevista à RTP, que Buffon quer jogar profissionalmente por mais um ano e que sabe do interesse de grandes clubes do futebol europeu, como o Porto." É verdade que sabemos do interesse do FC Porto e nada mais. Alguém próximo do FC Porto entrou em contato, é verdade. Buffon quer jogar mais um ano profissionalmente, é o desejo dele, e o FC Porto é um clube que agrada muito, porém é preciso conversar com sua família, temos que lembrar que ele tem quatro filhos".

O interesse do Porto parte muito pelo problema de saúde de Iker Casillas, que sofreu um infarto de miocárdio durante treinamento do clube português no dia 01 de maio. Após ser internado e passar por cirurgia, o clube informou que a tendência é de que o arqueiro espanhol não atue mais profissionalmente. Além dos Dragões, outros times já mostraram interesse em adquirir os serviços do histórico goleiro italiano, entre eles, o Fluminense, que tem na posição a maior deficiência no seu elenco.

O anúncio que não continuaria no PSG aconteceu no último dia 05, acabando com as hipóteses de que ele poderia renovar por mais um ano com os atuais bicampeões franceses. Em um post na sua conta oficial do Instagram, o goleiro agradeceu a oportunidade que teve e afirmou que precisava de novas experiências em sua carreira. "Hoje a minha aventura termina fora da Itália. O PSG ofereceu uma renovação de contrato que eu não aceitei, impulsionado pelo desejo de me preparar para novas experiências humanas e novos desafios profissionais".

Campeão do mundo com a seleção italiana em 2006, Buffon teve passagem curta pelo PSG, com poucos momentos de brilhos, bem diferente do que conseguiu defendendo por anos a camisa da Juventus, onde é considerado um dos maiores ídolos da história do clube.

Mais Esporte