Topo

Futebol


Cruzeiro usará dinheiro de venda de Murilo para quitar salários atrasados

Zagueiro Murilo, do Cruzeiro - Vinnicius Silva/Cruzeiro
Zagueiro Murilo, do Cruzeiro Imagem: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

22/06/2019 04h00

O Cruzeiro receberá 60% dos 2,5 milhões de euros (R$ 10,89 milhões) pela venda de Murilo ao Lokomotiv Moscou, da Rússia. O valor será usado pela diretoria para quitar os atrasados com o elenco e quadro de funcionários.

A diretoria ainda não desembolsou o salário referente ao mês de maio para os funcionários que recebem mais de R$ 2,5 mil mensais e aguarda o depósito do valor para pagar os atrasados.

Os salários deveriam ser pagos ao elenco e demais empregados no quinto dia útil de junho. O clube, porém, quitou somente parte das obrigações. A promessa era que tudo se encerrasse 11 de junho passado. Todavia, ainda não houve pagamento, conforme apurado pelo UOL Esporte.

A ideia da cúpula é usar o dinheiro que receberá da venda de Murilo - o clube tem direito a 1,5 milhão de euros (R$ 6,53 milhões) por possuir 60% dos direitos econômicos do jovem zagueiro - para colocar as contas em dia.

É possível que tudo seja pago no decorrer da próxima semana. No entanto, há a preocupação do clube em relação às receitas para pagamento dos vencimentos no início do próximo mês. A crise institucional vivida na Toca da Raposa II chegou juntamente com o problema de receita no cotidiano.

Mais Futebol