Topo

Esporte


Na Arena Corinthians, Paolo Guerrero volta ao estádio em que ainda reina

Friedmann Vogel/Getty Images
Imagem: Friedmann Vogel/Getty Images

Diego Salgado, José Edgar de Matos e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo (SP)

2019-06-22T04:00:00

22/06/2019 04h00

Paolo Guerrero vai se sentir em casa neste sábado (22), dia em que defende o Peru contra a seleção brasileira, pela última rodada da fase de grupos da Copa América, às 16 (de Brasília), na Arena Corinthians. O centroavante reinou por quase dois anos como o grande artilheiro da história do estádio do clube pelo qual fez história ao ser campeão mundial em 2012. Até hoje, na média de gols, ninguém supera o 9 peruano.

O autor do gol do título corintiano contra o Chelsea anotou 15 gols em 28 jogos no estádio inaugurado em maio de 2014 - 25 destes compromissos ocorreram vestindo a camisa do Corinthians. A média de 0,53 gols por partida supera de longe a regularidade do paraguaio Ángel Romero, que lidera a estatística em números absolutos com 27 bolas na rede em 103 duelos (0,26).

Segundo na lista dos goleadores históricos do local e ainda ativo no elenco corintiano, o meia Jadson tem 25 gols em 101 duelos. A média de 0,24 se apresenta como menos da metade da eficiência apresentada pelo peruano desde a inauguração do estádio.

Nem mesmo Jô, terceiro no ranking e com só uma temporada de Corinthians na Arena, supera a média histórica de Guerrero. O jogador campeão brasileiro em 2017 pelo time alvinegro fez 17 gols em 33 partidas disputadas na casa corintiana, que recebe o seu primeiro jogo de Copa América neste Peru x Brasil. O brasileiro tem média de 0,51 tentos por compromisso.

REUTERS/Pilar Olivares
Guerrero já anotou um gol na atual edição da Copa América; agora, joga em uma das suas "casas" Imagem: REUTERS/Pilar Olivares

Rei na média de gols entre os artilheiros da Arena Corinthians, Guerrero só veio a ser superado nos números absolutos em outubro de 2016, quando Romero chegou aos 16 gols. O paraguaio, fora dos 23 do país que disputa a Copa América, não atuou na casa alvinegra na temporada e vai deixar o clube com o encerramento do contrato neste meio de ano.

Paolo Guerrero está fora do Corinthians desde maio de 2015, quando se transferiu para o Flamengo. Desde o ano passado, defende o Internacional.

Guerrero é o principal nome do ataque peruano. Ídolo e capitão da seleção do país, o centroavante já anotou um gol no torneio da Conmebol, o primeiro da equipe na vitória por 3 a 1 sobre a Bolívia.

Depois do retorno à Arena diante do Brasil, agora pela primeira vez com o uniforme peruano, o centroavante tem mais um jogo agendado no estádio para esta temporada, mas como rival apenas do clube alvinegro. O Corinthians recebe o Internacional, atual time do goleador, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, em novembro.

Mais Esporte