Topo

Vasco

Pés no chão: Vasco foca em emprestados e jogadores livres para se reforçar

Rafael Ribeiro / Site oficial do Vasco
Meia Marquinho e volante Richard são apresentados oficialmente pelo Vasco Imagem: Rafael Ribeiro / Site oficial do Vasco

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

2019-06-22T04:00:00

22/06/2019 04h00

Nada de trocar os pés pelas mãos. Ainda em situação financeira difícil, o Vasco tem ido ao mercado "se virando nos 30" para buscar reforços dentro da realidade do clube e que sejam baratos. De preferência, que não tenham custo de compra ou que cheguem por empréstimo com os salários divididos com a equipe detentora dos direitos do jogador.

É deste jeito, por exemplo, que o Cruzmaltino acertou com o volante Richard, do Corinthians. Ficou acordado entre os clubes que o Vasco pagará 60% do salário do atleta e o clube paulista os outros 40% restantes no empréstimo até o fim de 2019.

Já o meia Marquinho, anunciado na última terça-feira (18), chegou livre, já que não teve seu contrato renovado com o Athletico-PR.

Nos casos de Tréllez e Rithely, que estão atuando emprestados ao Internacional, o Vasco também negocia um empréstimo com a condição de dividir salários. O clube gaúcho, porém, deseja, a princípio, manter Tréllez no elenco.

Há ainda uma busca por um camisa 10 que chegue para ser o homem de criação da equipe, já que a aposta em Bruno César, até o momento, não surtiu efeito e o experiente meia pode até sair. A tendência é a de que o reforço chegue da Europa.

O objetivo do técnico Vanderlei Luxemburgo era contar com todas as contratações no retorno aos treinos após o período de folga da Copa América, algo que não aconteceu, pois somente Marquinho e Richard se apresentaram até aqui.