Topo

Esporte


Organização da Copa América rebate críticas e diz que gramados estão bons

Carl De Souza/AFP
Lionel Messi durante partida entre Qatar e Argentina pela Copa América Imagem: Carl De Souza/AFP

Leo Burlá e Rodrigo Mattos

Do UOL, no Rio de Janeiro

2019-06-25T12:58:35

25/06/2019 12h58

As queixas de Messi, Suárez e James Rodriguez em relação a alguns gramados da Copa América não encontraram eco entre os principais responsáveis pelo Comitê Organizador Local (COL).

Em entrevista coletiva realizada nesta terça-feira, Thiago Jannuzzi, gerente de competições do COL, disse que a organização está atenta aos reparos, mas afirmou que os campos estão em boas condições.

"A gente vê os campos nivelados, com cobertura de grama ideal. A gente considera os gramados bons e aptos para receberem a competição. A gente tem especialistas atuando", disse ele, afirmando que há um trabalho "hora a hora" de monitoramento em todos os campos.

A declaração do dirigente é diferente das duras críticas de grandes jogadores da competição, especialmente o argentino Messi, que jogou na Arena do Grêmio, na Fonte Nova e no Mineirão. Após a vitória sobre o Qatar, o camisa 10 disse que as condições na casa gremista estavam longe das ideais:

"A bola quica muito no campo. Todos os gramados que jogamos estavam muito ruins. É difícil", disparou o craque do Barcelona.

Palco da partida entre Brasil e Paraguai, válida pelas quartas de final da competição, o estádio da capital gaúcha está sendo cuidadosamente preparado para estar em melhor estado na quinta-feira.

Mais Esporte