Topo

Palmeiras

Palmeiras chega a 34 atletas no elenco e segue acima do ideal de Felipão

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

2019-06-25T04:00:00

25/06/2019 04h00

Com a recente contratação do volante Ramires e a integração do atacante Angulo ao elenco profissional, o Palmeiras chegou à marca de 34 jogadores trabalhando diariamente com o técnico Luiz Felipe Scolari. Esse número é superior ao que o treinador disse considerar ideal no começo da temporada, quando manifestou o desejo de contar com no máximo 30 atletas. Ao longo do ano, o clube nunca chegou a essa marca.

A principal razão para o elenco estar numeroso é o "jogo duro" que o Palmeiras tem feito quando outros times manifestam interesses em atletas encostados no alviverde. São casos como os de Fabiano e Guerra, que o Verdão não topou emprestar no primeiro semestre, mesmo os atletas estando sem espaço com Felipão. Já o atacante Erik, por exemplo, só foi cedido ao Botafogo após uma longa negociação. Com finanças robustas, o clube não tem mostrado pressa para liberar jogadores, especialmente para outros times do Brasil.

Felipão havia afirmado em janeiro que dificilmente conseguiria dar minutos a todos os jogadores, mesmo com o sistema de rodízio de titulares que o técnico vem implantando desde o ano passado. "Quem sobrar sobrou", disse o treinador na ocasião. Por outro lado, ele recentemente incentivou e comemorou a contratação de Ramires. Até aqui, três jogadores do profissional não entraram em campo em 2019 (sem contar os recém-chegados Ramires e Angulo): o lateral Fabiano, o zagueiro Juninho e o meia Guerra.

Considerado um dos melhores elencos do Brasil, o Palmeiras vê valor em ter duas e às vezes até três opções de bom nível para cada posição, mesmo que isso signifique que nomes de peso fiquem no banco. Apesar de o rodízio dar chance para a maioria dos jogadores, atletas como Jean, Matheus Fernandes e Arthur Cabral, por exemplo, tiveram pouquíssimas oportunidades com Felipão no primeiro semestre.

A grande maioria do elenco palmeirense, aliás, tem contratos longos. Apenas cinco jogadores têm vínculo se encerrando no final desta temporada: os goleiros Fernando Prass e Jailson, o zagueiro Edu Dracena, o meia Guerra e o atacante Felipe Pires, que está emprestado pelo Hoffenheim, da Alemanha.

Além de Ramires e Angulo, Felipão terá outra novidade para o decorrer do ano: o atacante Willian, que está recuperado de lesão grave no ligamento do joelho e à disposição da comissão técnica. Ele deve estar presente nos dois amistosos que o clube fará durante a parada para a Copa América: contra o Oeste, neste sábado (29), na Academia de Futebol, e contra o Guarani, na outra quarta-feira (3), em Campinas.

Confira os 34 jogadores do elenco principal do Palmeiras:

Goleiros: Weverton, Fernando Prass e Jailson

Laterais: Marcos Rocha, Mayke, Diogo Barbosa, Victor Luís e Fabiano

Zagueiros: Gustavo Gómez, Luan, Antônio Carlos, Edu Dracena e Juninho

Volantes: Felipe Melo, Bruno Henrique, Thiago Santos, Moisés, Jean, Matheus Fernandes e Ramires

Meias: Zé Rafael, Gustavo Scarpa, Lucas Lima, Raphael Veiga, Hyoran e Guerra

Atacantes: Dudu, Willian, Carlos Eduardo, Felipe Pires, Angulo, Deyverson, Borja e Arthur Cabral