Topo

Palmeiras

Palmeiras adota "regime fechado" pós-folga para manter nível do 1º semestre

Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Felipão vai comandar treinos em dois períodos até sábado, com elenco concentrado no CT Imagem: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

2019-06-26T04:00:00

26/06/2019 04h00

O Palmeiras adotou a estratégia de fechar o elenco na Academia de Futebol e trabalhar sempre em dois períodos depois da folga de 10 dias devido à pausa no calendário para a disputa da Copa América. Desde ontem até sábado, os alviverdes estão concentrados no centro de treinamento e terão treinos tanto de manhã quanto à tarde.

O planejamento do time alviverde, líder do Campeonato Brasileiro com cinco pontos de vantagem para o Santos, difere da maioria dos rivais, que não têm treinado sempre em dois períodos nem mantido o elenco concentrado. Uma exceção é o Internacional, quarto colocado do Brasileirão, que está fechado em Atibaia, interior de São Paulo.

O Palmeiras inicialmente teria uma folga de apenas sete dias, o que também seria menos que quase todos os rivais, mas a comissão técnica e a diretoria revisaram essa decisão e liberaram os atletas por 10 dias. Os treinos agora serão intensificados até sábado, quando o time fará um jogo-treino com o Oeste na Academia de Futebol.

Nas semanas anteriores à parada das competições, o técnico Luiz Felipe Scolari já manifestava preocupação com a pausa de um mês sem jogos oficiais. Com o Palmeiras impondo um ritmo fortíssimo em quase todas as partidas, o treinador tomou precauções para que o nível não baixasse na reta final, com conversas reservadas com o elenco. A meta, agora, é voltar o mais rápido possível ao patamar físico e técnico que o time vinha apresentando, com mais de 90% de aproveitamento no Brasileirão.

No primeiro dia de atividades, segunda-feira, os jogadores fizeram trabalho físico na parte interna do CT e uma atividade leve no campo. Já ontem foi o primeiro dia de trabalho com bola no gramado. Dos atletas que integram o elenco profissional (com exceção de Gustavo Gómez, que está com o Paraguai na Copa América), apenas o recém-contratado volante Ramires ainda não estava trabalhando com o grupo, mas se apresentou hoje pela manhã e fez seu primeiro treino. Segundo o clube, ele estava resolvendo questões pessoais relacionadas à mudança da China para o Brasil.

Depois de enfrentar o Oeste no sábado, o Palmeiras tem marcado um amistoso contra o Guarani na quarta-feira, dia 3 de julho, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas. A volta às competições oficiais acontece em 10 de julho, contra o Internacional, no Allianz Parque, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil.