Topo

Copa do Mundo Feminina - 2019


Trump evita polêmica e parabeniza americanas pelo título da Copa feminina

Do UOL, em São Paulo

07/07/2019 17h09

Donald Trump utilizou as redes sociais para parabenizar a seleção dos Estados Unidos pela conquista da Copa do Mundo feminina hoje (7). O presidente dos EUA evitou entrar em polêmicas e apenas disse estar orgulhoso das jogadoras.

"Parabéns ao time de futebol feminino dos EUA na conquista da Copa do Mundo. Uma partida ótima e fascninante. A América está orgulhosa de vocês", escreveu o presidente em seu perfil oficial no Twitter.

Nos comentários da publicação, muitos comentários se lembram da polêmica que Trump se envolveu ao "trocar farpas" com Megan Rapinoe, uma das capitãs da seleção dos Estados Unidos - e eleita a melhor jogadora do torneio. Rapinoe afirmou que não aceitaria comparecer à "p... da Casa Branca" caso conquistasse o título da competição.

Em resposta à declaração de Rapinoe, Trump afirmou que primeiro a jogadora precisaria vencer a Copa para depois falar algo. Logo em seguida, convidou as jogadoras dos EUA para uma visita à Casa Branca "ganhando ou perdendo".

Também pelas redes sociais, o ex-presidente Barack Obama parabenizou as jogadoras dos EUA pela conquista do quarto título mundial da história do país, afirmando "amar esse time". Um pouco antes de Donald Trump, sua esposa e primeira-dama dos EUA, Melania Trump, mandou recado para as vencedoras.

A grande final da Copa do Mundo contou com a presença de alguns líderes mundiais no Stade de Lyon. Presidente da França, país sede, Emmanuel Macron esteve nas tribunas de honra ao lado do rei Willem-Alexander, da Holanda. Gianni Infantino, presidente da Fifa, organizadora do torneio, também compareceu. Trump não acompanhou o duelo presencialmente.

Mais Copa do Mundo Feminina - 2019