Topo

Futebol


Maicon vê Everton fora do Grêmio após título com seleção: "Difícil segurar"

REUTERS/Ueslei Marcelino
Imagem: REUTERS/Ueslei Marcelino

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

08/07/2019 17h59

Everton não vai ficar no Grêmio por muito tempo. Esse foi o resumo das respostas de Maicon, capitão do time gaúcho, hoje (8). Para o volante, a transferência do artilheiro da Copa América é questão de tempo pelo desempenho acumulado - no clube tricolor e na seleção brasileira. O camisa 8 ainda afirmou que torce para que a despedida seja depois de 'mais alguns jogos'.

Aos 23 anos, Everton era o único titular da seleção brasileira campeão da Copa América ainda vinculado a clube brasileiro.

O Grêmio sabe que a saída é muito provável, mas garante não ter propostas. A ideia do clube é receber pelo menos 40 milhões de euros pela sua parte nos direitos econômicos do jogador.

"A gente fica triste e feliz ao mesmo tempo. Triste por perder ele, mas feliz por ele estar sendo reconhecido. Fica difícil segurar um jogador desse nível aqui no Brasil. Os times da Europa tem muita, muita grana e eles vêm e vão levar. A gente espera que ele jogue mais alguns jogos com a gente aqui. Vamos torcer de longe, daí…", disse Maicon.

Mais adiante, um dos líderes do elenco voltou a falar da saída de Everton como algo certo. "O Everton, mais cedo ou mais tarde, vai sair. Não tem jeito. (...) Não vai dar para ficar se remoendo pela saída do Everton. Estamos aqui para achar soluções. Infelizmente vamos perder, mas tem outros que vão entrar no lugar dele para corresponder", comentou.

Por fim, Maicon brincou com o tom adotado sobre o futuro do companheiro.

"O mundo tá comentando que ele vai sair, não sou só eu (risos). Eu cheguei em 2015 e vi o amadurecimento do Everton de perto. Ele sempre teve qualidade, mas com o tempo vai crescendo. Ele ficou um jogador muito visado por todas as atuações no Grêmio e a chance no Grêmio. A meu ver, ele e o Daniel Alves foram os melhores da competição. Chega uma hora que não tem como. Aqui no Brasil não tem como segurar por muito tempo", sentenciou.

Everton voltar aos treinos com o Grêmio nesta terça-feira. Na quarta, ele deve atuar diante do Bahia, em jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. A dúvida é se como titular ou iniciando no banco de reservas, em virtude de possível desgaste físico.

Mais Futebol