Topo

Inter tem encontro casual e "planta sementinha" para sonhar com Dani Alves

Daniel Alves e o vice de futebol do Inter, Roberto Melo, durante encontro casual - Reprodução/Twitter
Daniel Alves e o vice de futebol do Inter, Roberto Melo, durante encontro casual Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em Porto Alegre

11/07/2019 04h00

Foi um encontro casual. Não há, hoje, nenhuma chance do Internacional conseguir a contratação do lateral direito Daniel Alves. Mas o vice de futebol do clube gaúcho, Roberto Melo, fez a sua parte. Segundo ele, tentou "plantar a sementinha" para que no futuro, quando resolver voltar ao país, o capitão da seleção brasileira na conquista da Copa América pense em defender o Colorado.

O encontro aconteceu no dia 10, em São Paulo. Roberto conversou com Daniel Alves, tirou uma foto e postou em seu perfil no Twitter com a seguinte legenda: "Todo meu respeito! Quem sabe ali na frente".

Foi o suficiente para a torcida do Inter tomar as redes cheia de esperança. A foto teve mais de seis mil curtidas na rede social.

Após a derrota para o Palmeiras por 1 a 0, o dirigente explicou que não foi apenas uma brincadeira, mas que conversou com Daniel Alves para quem sabe contar com o interesse dele em atuar no clube algum dia.

"O Dani é uma pessoa fantástica. Nós conversamos, ele tinha recebido o Odair (técnico do Inter) muito bem lá no PSG, sem nem conhecer o Odair antes. É um cara que dispensa comentários, uma figura sensacional. Mas ele não está disposto a voltar ao Brasil neste momento, até conversamos sobre isso, ele tem intenção de ficar na Europa. Quem sabe no futuro", comentou Melo.

Questionado sobre o teor da conversa, o dirigente explicou que não se tratou de uma negociação. Mas de, quem sabe, plantar a semente para um plano futuro.

"Foi um encontro casual. Conversamos, batemos um papo, tinha mais gente neste mesmo restaurante. Trocamos algumas ideias. Ele é extremamente acessível. Falamos um pouco sobre o futuro, ele conhece o Inter, os jogadores, o clube. Plantamos nossa sementinha para o futuro", completou.

Com 36 anos, Dani Alves defendeu apenas o Bahia no futebol brasileiro. E saiu do clube muito cedo. Construiu carreira na Europa jogando em Sevilla, Barcelona, Juventus e PSG. Na última temporada pelo clube francês, disputou 32 jogos e marcou três gols. Após o fim do vínculo por lá, ele está livre para ouvir propostas e definir o futuro, que deve seguir no Velho Continente.