Topo
Comprar ingresso
Comprar ingresso

Gil treina de novo como titular do Corinthians e deve reestrear no domingo

Zagueiro assume titularidade na primeira semana de Corinthians e deve enfrentar CSA - Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Zagueiro assume titularidade na primeira semana de Corinthians e deve enfrentar CSA Imagem: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Arthur Sandes

Do UOL, em São Paulo

11/07/2019 13h52

Bastou um dia para Gil virar titular do Corinthians. Após chegar ao clube na última terça-feira (9) e entrar na equipe ontem, o reforço foi confirmado como titular na atividade da manhã de hoje, no CT Joaquim Grava. Desta forma o zagueiro fica cada vez mais próximo de reestrear pelo Timão no domingo, em duelo contra o CSA pelo Brasileirão.

O treino foi fechado à imprensa, mas o UOL Esporte apurou que Gil compôs a linha de defesa com Fagner, Manoel e Avelar. De modo geral Fábio Carille repetiu a escalação testada ontem, com a posição de armador sendo a única dúvida remanescente no time - Sornoza ou Jadson disputam a vaga. Desta forma, é provável que a formação contra o CSA tenha Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Ralf, Junior Urso e Sornoza (Jadson); Pedrinho, Clayson e Vagner Love.

Segundo informado pela assessoria do clube, Carille só não teve Ramiro e Gustagol à disposição no treino. Ambos tiveram dores na coxa recentemente, e o volante já faz transição para o gramado, enquanto o centroavante ainda faz exercícios específicos no Lab R9.

O elenco alvinegro volta a trabalhar amanhã pela manhã, quando Carille deve comandar atividades específicas para cada setor, incluindo ajustes de posicionamento e finalização. Em seguida está marcada a apresentação oficial de Gil, que fala pela primeira vez com a imprensa desde que voltou ao Corinthians.

Os últimos detalhes do time devem ser acertados por Carille no treino de sábado, véspera do duelo contra o CSA - a partida começa às 16 horas (de Brasília) de domingo (14), na Arena Corinthians, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. É o primeiro compromisso oficial do segundo semestre para o Timão, que durante a pausa da Copa América teve atuações criticadas contra Botafogo-SP, Vila Nova e Londrina.