Topo
Comprar ingresso
Comprar ingresso

Gil explica contrato curto e fala em "permanência garantida" no Corinthians

Reprodução/TwitterCorinthians
Imagem: Reprodução/TwitterCorinthians

Arthur Sandes e Flávio Latif

Do UOL, em São Paulo

12/07/2019 13h22

O retorno de Gil ao Corinthians tem contrato inicial de apenas seis meses, mas o zagueiro assegurou em entrevista coletiva na tarde de hoje que fica no clube a partir de janeiro. No CT Joaquim Grava, o 15ª reforço alvinegro em 2019 deixou claro que a diretoria "não precisa se preocupar" com a possibilidade de ele sair.

"Os seis meses são pelo tempo restante que eu tinha na China", afirma o zagueiro, que assinou contrato curto, mas que pode ser renovado até dezembro 2022. Foi uma solução contábil encontrada pelo Corinthians, que desta forma empurra o pagamento de luvas ao jogador para o orçamento do ano que vem. Na prática nada impede que Gil mude de clube em alguns meses, mas ele dá sua palavra pela continuidade.

"Minha permanência está garantida para o ano que vem também. Eu dei a minha palavra ao presidente [Andrés Sanchez], e ele não tem que se preocupar com isso. Que tudo dê certo nestes seis meses e pelos outros que vêm pela frente", disse Gil.

O defensor tinha vínculo até dezembro com o Shandong Luneng, da China, mas pediu liberação para voltar ao Brasil. "O que me motivou a rescindir foi a vontade de jogar novamente no Corinthians, sentir-me em casa novamente. Construi uma história bonita na China, mas chegou a hora de voltar para casa", falou Gil na entrevista coletiva, deixando claro que retornou "para ser feliz novamente".

Gil esteve entre os titulares desde o seu primeiro treino com a camisa do Corinthians. O treinador Fábio Carille utilizou o zagueiro no lugar de Henrique e, muito provavelmente, a dupla de zaga que enfrentará o CSA será formada por Manoel e o recém-contratado. O Alvinegro encara a equipe alagoana no domingo (14), na Arena Corinthians, às 16h (de Brasília), pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro.