Topo

'Vai ficar com vergonha', dispara Luxemburgo a árbitro de Grêmio x Vasco

Siga o UOL Esporte no

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

13/07/2019 19h15

O técnico Vanderlei Luxemburgo fez críticas ao árbitro Rodolpho Toski Marques, que comandou a partida entre Grêmio e Vasco, na tarde de hoje (13), na Arena do Grêmio. Na entrada do vestiário, após o jogo, o treinador cruzmaltino afirmou que, quando o juiz analisasse o que havia feito na partida, sentiria vergonha. A equipe gaúcha venceu por 2 a 1, de virada.

"Você vai ver em casa e vai ficar com vergonha", disparou o treinador do Vasco em direção ao trio de arbitragem, que se encaminhava ao vestiário.

A reclamação dos vascaínos é em relação ao gol de Pikachu anulado, logo no começo do segundo tempo, que faria a equipe de São Januário abrir 2 a 0 no placar. Pouco antes de o Grêmio dar a saída de bola, Rodolpho Toski foi chamado ao VAR e analisou as imagens, anulando o gol com a alegação de que houve uma falta do atacante Rossi em Matheus Henrique, na origem da jogada.

No lance, Rossi está com a bola dominada e, ao disputar espaço, abre o braço, que atinge o rosto do adversário. Ele passa para Pikachu, que aciona Valdívia e, depois triangulação entre eles, o lateral vascaíno invade a área e balança a rede. Por conta da falta marcada, Rossi levou o amarelo.

Aos 15 minutos do segundo tempo, o Grêmio chegou ao gol de empate, com Pepê, que ainda marcaria mais uma vez e garantiria o triunfo tricolor.