Topo

Henrique se incomoda com pergunta e minimiza vaias após empate do Cruzeiro

Do UOL, em Belo Horizonte

14/07/2019 18h40

O volante e capitão Henrique não gostou da apresentação do Cruzeiro no empate por 0 a 0 contra o Botafogo, na tarde de hoje, no Mineirão. Após a partida, os jogadores da Raposa escutaram vaias do torcedor que compareceu ao estádio. Questionado sobre o assunto, o volante reconheceu a partida ruim, mas minimizou a atitude do torcedor.

"Não é assim que funciona o futebol, só porque teve vaia é que vai achar que está tudo errado? Tem que melhorar a pergunta, vamos falar sobre o jogo?", iniciou o jogador, em entrevista à TV Globo.

"Não foi um bom jogo, nós criamos muitas oportunidades e não fizemos o gol. Mas não pode fazer a torcida virar contra a gente porque ouvimos vaias. É normal, torcedor vai aplaudir, vai vaiar conforme o resultado. A gente está no caminho, vamos trabalhar para melhorar. Não é o torcedor contra nós. O torcedor sempre estará a nosso favor, vai apoiar, aplaudir quando tiver que ser. E nós vamos trabalhar para melhorar", completou.

Levemente superior na etapa inicial, o Cruzeiro não ameaçou com tanto perigo ao gol do Botafogo. Na etapa final, o time carioca cresceu e criou boas oportunidades em contra-ataques, mas também não fez o suficiente para marcar.

Com o resultado, o Cruzeiro vai aos nove pontos e sai momentaneamente da zona de rebaixamento, mas segue acompanhado de perto pelos últimos colocados.