Topo

Esporte


CBF alega erro e altera trio polêmico do VAR para Flamengo x Athletico

Bruno Henrique e Lucas Halter disputam a bola na partida entre Flamengo e Athletico-PR pela Copa do Brasil - Gabriel Machado/AGIF
Bruno Henrique e Lucas Halter disputam a bola na partida entre Flamengo e Athletico-PR pela Copa do Brasil Imagem: Gabriel Machado/AGIF

Leo Burlá e Marcello De Vico

Do UOL, no Rio de Janeiro e em Santos

15/07/2019 17h03

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) cometeu um equívoco ao divulgar o trio do VAR que irá trabalhar na partida de volta entre Flamengo e Athletico, nesta quarta-feira (17), no Maracanã, pelas quartas de final da Copa do Brasil. Inicialmente, a entidade havia colocado em seu site oficial que o trio formado pelos gaúchos Jean Pierre Gonçalves Lima, Daniel Nobre Bins e Lúcio Beiersdorf Flor - que teve atuação contestada pelo time paranaense no jogo de ida - estaria novamente presente na equipe do VAR no duelo que definirá um dos semifinalistas do torneio nacional.

Ao ser procurado pela reportagem do UOL Esporte para comentar a opção de repetir o trio, porém, o presidente da Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Leonardo Gaciba, informou que a CBF cometeu um equívoco. "Erramos ao lançar no sistema. Já estamos acertando", disse o ex-árbitro.

O trio do VAR que atuará na partida no Maracanã será formado por Igor Benevenuto (MG, árbitro de vídeo), Caio Max (RN, assistente de VAR) e Cleriston Clay (SE, assistente de VAR 2).

No empate por 1 a 1 em Curitiba, os atleticanos tiveram três gols anulados, sendo que todos foram invalidados pela arbitragem. O único lance que foi para a revisão foi de um pênalti de Renê em Marcelo Cirino. Após a checagem, o juiz Anderson Daronco apontou falta em cima de Rodrigo Caio no início do lance. A participação da arbitragem foi extremamente questionada pelos paranaenses,

Além destas jogadas, os paranaenses reclamaram de uma jogada de Diego Alves, que usou a mão fora da área para interceptar um lance. O fato passou batido pela arbitragem e o goleiro do Fla não foi sequer advertido.

O árbitro principal da partida no Maracanã será o goiano Wilton Pereira Sampaio, que terá o baiano Alessandro Álvaro Rocha de Matos e o também goiano Fabrício Vilarinho da Silva como assistentes.

Errata: o texto foi atualizado
Ao contrário do que foi informado na matéria, o nome do árbitro-assistente que trabalhará no VAR é Cleriston Clay, é não Clericato Clay.
ESPN, Ei PLus e Fox Sports

Assista aos jogos e programas de ESPN, EI Plus e Fox Sports sem TV a cabo.

Mais Esporte