Topo

UOL Esporte vê TV


Casão se revolta após jogadoras do Santos dormirem em saguão: "Inaceitável"

Do UOL, em São Paulo

16/07/2019 13h53

O ex-jogador Walter Casagrande se revoltou ao falar sobre o problema envolvendo o time feminino do Santos, que passou parte da noite num saguão de hotel. Durante o "Globo Esporte SP" de hoje, o comentarista se irritou ao ver que, após o sucesso da Copa do Mundo da França, as jogadoras passaram por essa situação, compartilhada pela técnica Emily Lima.

"Acabou a Copa do Mundo de futebol feminina e acontece isso? É inaceitável. Não pode acontecer isso, nem com o Santos, nem com qualquer time feminino, em qualquer momento. É absurdo! Acabou a Copa do Mundo, todo mundo falando 'vamos fazer o futebol feminino bombar'. Bombou onde? Deixaram as meninas sem hotel! Isso é inadmissível! Alguém é responsável mesmo", disparou Casão.

Em Manaus para enfrentar o Iranduba pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, o time feminino do Santos, por conta de problemas de logística, passou parte da noite no saguão. Mais tarde, o gerente do hotel encontrou um novo local para as jogadoras ficarem enquanto a questão não era solucionada.

Em nota oficial, a CBF afirma que o problema foi resolvido em 50 minutos. A entidade também salientou que possíveis conexões nos voos 'devem-se às possibilidades da malha aérea do país'.

Falha de Volpi?

Casão também falou sobre o gol de Dudu no empate entre Palmeiras X São Paulo, no último sábado. Negando falha de Tiago Volpi, o comentarista acredita que a iluminação do Morumbi, somada ao desvio da bola, atrapalhou a defesa do arqueiro tricolor.

"Não acho que ele falha em todo clássico. Eu acho que ele tava no caminho certo, é um ótimo goleiro. Para falar do gol do sábado, na minha opinião, a bola desviou num jogador, foi girando, alta, e ele teve a dúvida se a bola iria sair ou cair dentro. E é óbvio que o refletor atrapalhou na hora da decisão. Aí teve a infelicidade de bater nas costas do goleiro e entrar. O resto, é coisa que acontece no futebol. Não achei falha".