Topo

Futebol


Dupla Gre-Nal retoma tradição "copeira" e põe Sul em foco na Copa do Brasil

Patrick do Internacional comemora seu gol durante partida contra o Palmeiras no estadio Beira-Rio pela Copa do Brasil  - Jeferson Guareze/AGIF
Patrick do Internacional comemora seu gol durante partida contra o Palmeiras no estadio Beira-Rio pela Copa do Brasil Imagem: Jeferson Guareze/AGIF

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

18/07/2019 04h00

A fase semifinal da Copa do Brasil está dominada pela região Sul. Grêmio e Inter confirmaram a tradição "copeira" do Rio Grande do Sul e têm a companhia do Athletico Paranaense como representantes da região. O único de fora é o Cruzeiro, mas que conta com o DNA gaúcho de seu treinador.

O Colorado avançou nos pênaltis contra o Palmeiras. No Beira-Rio, devolveu placar de 1 a 0 que havia sofrido no jogo de ida e conseguiu a vaga para encarar o Cruzeiro, que perdeu o clássico mineiro por 2 a 0, mas avançou graças ao 3 a 0 obtido no jogo de ida.

Já o Grêmio superou o Bahia em Salvador por 1 a 0 e irá encarar o Athletico Paranaense, que eliminou o Flamengo nas cobranças de pênaltis após empate em 1 a 1 no tempo normal.

Inter e Grêmio são times conhecidos pela "garra gaúcha". A tradição "copeira" dá a ambos motivação extra em torneios de mata-mata.

"Esse é o Grêmio. Quando que deixam chegar, ele cresce muito. Esperamos crescer mais nas outras competições. Nosso objetivo é conquistar mais um título neste ano. Nossa postura é esta", disse Renato Gaúcho após a vaga do Tricolor.

O Colorado sofreu mais. Teve pênalti que seria contra revertido pelo VAR, teve gol anulado também com a participação do árbitro de vídeo, reclamações, polêmicas, e avanço sofrido em casa.

"Nosso time está consolidado. Agora buscamos o algo a mais, que são os títulos. Já tivemos o momento de reconstrução, agora é partir para um novo passo, um novo momento, é a conquista que nós tanto buscamos e estamos muito confiantes de que pode acontecer", disse o técnico Odair Hellmann após o avanço vermelho.

Treinadores reforçam supremacia do Sul

E se dos quatro clubes classificados para a semifinal, três são do Sul, entre os treinadores o aproveitamento é de 100%. Nos comandos de Cruzeiro, Athletico Paranaense e Grêmio estão gaúchos. E do Inter um catarinense.

Mano Menezes nasceu em Passo do Sobrado, Thiago Nunes é de Santa Maria e Renato Portaluppi nasceu em Guaporé, todos municípios do Rio Grande do Sul. Já Odair Hellmann, apesar de ter feito carreira como jogador no Inter, nasceu em Salete, no Estado de Santa Catarina.

Os dois maiores vencedores da história da Copa do Brasil estão entre os classificados. O Cruzeiro conquistou o título seis vezes e é o primeiro da lista. O Grêmio, com cinco conquistas, aparece logo abaixo. O Internacional tem um título e o Athletico Paranaense apenas um vice-campeonato.

A fase semifinal será disputada nos dias 7 e 14 de agosto. O sorteio da ordem dos mandos de campo ocorrerá nesta segunda-feira, dia 22.

Mais Futebol