Topo

Futebol


Quem são os japoneses que viraram apostas para o futuro de Barça e Real

Hiroki Abe e Takefusa Kubo são duas promessas da seleção do Japão - Quality Sport Images/Getty Images e TF-Images/Colaborador
Hiroki Abe e Takefusa Kubo são duas promessas da seleção do Japão Imagem: Quality Sport Images/Getty Images e TF-Images/Colaborador

Do UOL, em São Paulo

18/07/2019 04h00

O Barcelona anunciou na última segunda-feira (15) a contratação do jovem atacante japonês Hiroki Abe. O clube espanhol precisou desembolsar 1 milhão de euros (R$ 4,2 milhões, na cotação de hoje) para tirar o atleta do Kashima Antlers.

Por enquanto, o japonês passará por um período de testes no time B do Barcelona, mas já é extremamente bem avaliado dentro do clube, tanto que possui uma cláusula de rescisão de 40 milhões de euros (R$ 168,9 milhões). Este valor subirá para 100 milhões de euros (R$ 422,4 milhões) caso ele seja promovido para o elenco principal.

Nascido em Tóquio, o atacante chamou atenção após ser eleito o jogador jovem do ano do Campeonato Japonês. Na última temporada, ele atuou em 14 jogos pelo Kashima Antlers e fez dois gols.

Além disso, o atleta também já recebeu oportunidades na seleção japonesa. Abe fez parte do elenco que veio ao Brasil para a disputa da Copa América e é considerado presença certa entre os atletas que serão convocados para os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020.

Já o Real Madrid também tem seu talento asiático, e ele tem até um apelido mais ousado que seu compatriota: "Messi japonês".

O clube merengue contratou Takefusa Kubo, jovem atacante de 18 anos, para reforçar o Real Madrid Castilla, time em que são aproveitados os atletas que subiram das categorias de base.

Formado pelas divisões inferiores do Barcelona, o atleta chegou ao Real Madrid após apenas uma temporada como profissional no Japão, em que atuou pelo Tokyo FC. Ao todo, ele disputou 14 partidas e marcou quatro gols na liga japonesa.

Assim como seu compatriota, Kubo também fez parte do elenco que disputou a Copa América no Brasil e é mais um nome considerado como indispensável para o Japão nos Jogos Olímpicos que serão disputados no país.

De acordo com o jornal espanhol Marca, a contratação de Kubo custou apenas 2 milhões de euros (R$ 8,4 milhões) aos cofres do clube, valor que nem se compara a outras contratações merengues para a próxima temporada. O Real Madrid apresentou uma proposta ao jogador de 1,2 milhões de euros (cerca de R$ 5 milhões na cotação atual) por ano e um contrato de cinco anos de duração para convencê-lo a juntar-se ao clube.

Mais Futebol