Topo

Esquema sem meia coloca Jean Mota na disputa por vaga que era de Jean Lucas

Jean Mota concede entrevista coletiva no Santos - UOL
Jean Mota concede entrevista coletiva no Santos Imagem: UOL

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

19/07/2019 10h00

O meia Jean Mota afirmou que vem treinando como segundo volante no Santos. Craque e artilheiro do Campeonato Paulista, o jogador vem sendo recuado durante as atividades por conta do esquema utilizado pelo técnico Jorge Sampaoli, que não tem um meia ofensivo propriamente dito.

O 3-4-3 do treinador argentino utiliza dois meias centrais com responsabilidades defensivas e ofensivas. O maior exemplo é Diego Pituca, intocável de Sampaoli, que marca atrás e apoia bastante o ataque. A posição ao lado do jogador na linha de quatro está vaga desde a saída de Jean Lucas.

No jogo contra o Bahia, o uruguaio Carlos Sánchez foi o titular na função, mas o Peixe melhorou na segunda etapa com a entrada de Jean Mota na vaga de Uribe, deslocando Eduardo Sasha para a vaga de centroavante. Em outras épocas, o próprio Jean Mota seria o escolhido para atuar como falso 9, mas não mais.

"Falso 9 ele nunca mais me pediu. Como chegou Uribe e tem o Sasha, mas tenho jogado de segundo volante, sim. Ele não tem mais jogado como meia, mas sim com três volantes (ou três zagueiros). Tenho que me adaptar, ele falou comigo e pretende me usar mais assim. Já treinei de extremo, mas posição para eu brigar é nessa função. Pode ser ele que mude botando o meia e eu estaria ali. De falso 9 acho que não vou mais, não", disse em entrevista coletiva.

Jean foi titular pela última vez diante do Atlético-MG, quando anotou um gol de pênalti, depois foi reserva contra o Corinthians e diante do Bahia. A tendência é siga no banco de reservas neste domingo, às 11h, frente ao Botafogo, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.