Topo

Grêmio identifica torcedora vítima de agressão no Gre-Nal e oferece apoio

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

21/07/2019 12h19

O Grêmio identificou a torcedora vítima de agressão no clássico Gre-Nal de ontem. Ela preferiu não ter o nome revelado ou se manifestar publicamente. O clube está viabilizando contato dela e do filho com jogadores do time e oferecendo apoio neste momento.

O representante do clube no contato com a mulher foi Thiago Floriano, do Departamento de Torcidas do Grêmio (DTG). À reportagem do UOL Esporte, Floriano informou que a mulher preferiu não falar com a imprensa e está impressionada com a repercussão do caso.

Neste momento, a ideia é dar total apoio à vítima da agressão e principalmente à criança que acompanhou tudo. O menino é filho da mulher que sofreu empurrões após erguer uma camisa do Grêmio no estádio do Inter depois do empate em 1 a 1 pelo Brasileiro.

Um dos atletas que procurou contato foi Everton. E o departamento de futebol do Grêmio irá facilitar o contato entre os jogadores e a vítima nos próximos dias.

Em seu perfil no Twitter, Floriano também se manifestou explicando o caso. "A ideia é preservar a criança, que ficou muito assustada com o fato. O Grêmio vai manter contato para ajudá-la a lidar da forma mais saudável possível com a situação", postou.

O presidente do Internacional, Marcelo Medeiros, também abordou o fato na manhã de hoje. Segundo ele, as imagens serão analisadas para aplicação de eventuais punições aos envolvidos.