Topo

Luan encerra jejum no Gre-Nal e iguala número de gols de Renato no Grêmio

LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA
Imagem: LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

21/07/2019 11h00

O Gre-Nal 421 foi pródigo para Luan. Diante do Internacional, o camisa 7 do Grêmio acabou com jejum de 118 dias e igualou a marca de gols de Renato Gaúcho no tricolor. Do alto de 74 bolas na rede, o meia-atacante ganha dose extra de crédito para seguir atrás de recuperação.

A cabeçada de Luan, fora do alcance de Danilo Fernandes, também salvou uma atuação discretíssima do meia em partida válida pela décima primeira rodada do Campeonato Brasileiro. O sexto gol na temporada chega como bálsamo para a fase atual.

"O gol é importantíssimo. A gente vem exigindo e cobrando dele por saber que ele pode dar mais. Esse gol vai dar mais confiança. Vai ter mais credibilidade com todo mundo. A gente quer que ele volte a ser o. Luan que nos ajudou, que chegou à seleção. Que foi melhor da América. Ele vem treinando, se dedicando", disse Renato Gaúcho ao falar de Luan.

Ao longo do Gre-Nal, Luan ficou sempre distante do gol adversário. No primeiro tempo, chegou a tropeçar sozinho, cair e perder a bola. Depois do intervalo, encaixou bom lançamento para Diego Tardelli (que não conseguiu concluir) e depois apareceu na área para marcar o gol.

O gol, aliás, é histórico. Com a conclusão certeira, Luan chegou a 74 bolas na rede pelo Grêmio e empatou com Renato no quesito. O dado é ainda mais curioso pela brincadeira entre os dois, que trocam provocações no dia a dia.

"Agora vou torcer para ele empatar no número de títulos. Inclusive no Mundial. Quanto mais gol ele fizer, mais títulos vamos ganhar", afirmou Renato em tom descontraído.

Antes do Gre-Nal, Luan havia marcado somente em três partidas na temporada. A última vez foi contra o Juventude, em 24 de março, pelas quartas de final do Gauchão. De lá até o clássico foram quatro meses de jejum.

"Ele tem se recuperado. Ele sabe que o grupo gosta dele, precisa dele. É mais um jogador qualificado como o Tardelli. A gente precisa de todo mundo, principalmente dos diferenciados", frisou o treinador do Grêmio.

O Grêmio volta a campo contra o Libertad-PAR, pelas oitavas de final da Libertadores, na quinta-feira. Luan deve ficar no banco de reservas, mas agora com uma pitada a mais de confiança por ter feito gol de novo. E ter igualado a marca de Renato Gaúcho.