Topo

Futebol


Jornal: Van Gaal vetou retorno de Ronaldo ao Barça e ele foi parar no Real

Ronaldo comemora após marcar para o Real Madrid contra o Espanyol - Denis Doyle/Getty Images
Ronaldo comemora após marcar para o Real Madrid contra o Espanyol Imagem: Denis Doyle/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

22/07/2019 14h50

A carreira do ex-atacante Ronaldo poderia ter sido diferente se não fosse o técnico Louis Van Gaal. O treinador holandês vetou o retorno do brasileiro ao Barcelona após sua passagem pela Internazionale, o que resultou em sua ida para o Real Madrid.

A informação foi relevada hoje (22) pelo jornal espanhol "Mundo Deportivo", que comparou a situação do ex-atacante ao caso vivido atualmente por Neymar, que deixou o Barcelona rumo ao PSG e, atualmente, é especulado como possível reforço dos catalães e do Real Madrid.

Segundo a reportagem, Ronaldo teve a possibilidade de voltar ao Barcelona em 2002, logo após a disputa da Copa do Mundo do Japão, em que o atacante foi decisivo ao marcar os dois gols na final contra a Alemanha.

O presidente do Barcelona na época, Joan Gaspart, ficou sabendo que o brasileiro deixaria a Internazionale após não se firmar no clube por conta das lesões sofridas e pelo relacionamento ruim com o técnico argentino Héctor Cúper. Ciente de que o Real Madrid tentaria a contratação de Ronaldo, o dirigente estava disposto a atravessar o negócio, mas esbarrou na negativa do técnico holandês.

Ainda de acordo com a reportagem, Van Gaal teria argumentado que a contratação de Ronaldo "atentava contra a filosofia do clube". Com isso, o "Fenômeno" acabou indo para o Real Madrid, clube pelo qual se destacou ao longo de cinco temporadas antes de ser negociado com o Milan.

Mais Futebol