Topo

Mano admite sofrimento, mas vê Cruzeiro mais confiante para jogo da volta

Thiago Ribeiro/Agif
Imagem: Thiago Ribeiro/Agif

Do UOL, em Belo Horizonte

23/07/2019 23h04

Enfrentar o atual campeão da Libertadores dentro de sua casa não é fácil, mas o técnico Mano Menezes viu seu time sair bem mais confiante após o empate do Cruzeiro em 0 a 0 com o River Plate. Apesar de passar sufoco em muitos momentos e pouco ameaçar o gol de Armani, o treinador comentou sobre a primeira parte da decisão, e comemorou a igualdade.

"Um jogo dessa grandeza é feito por duas partes, uma parte influencia a outra. Mesmo sofrendo como sofremos, essa confiança que se ganha levando a partida para decidir em casa se transforma em uma confiança maior", comentou o treinador em sua entrevista coletiva.

Após um primeiro tempo muito fraco, o Cruzeiro melhorou na etapa final, e equilibrou um pouco o jogo. No final do confronto, o River voltou a pressionar e levou perigo. A equipe mineira se defendeu bem e teve boas oportunidades de contra-atacar, mas pecou no último passe e ficou só no quase.

"Fizemos um primeiro tempo muito abaixo. Mas no segundo tempo voltamos a jogar como estamos acostumados. O River teve a chance, mas também tivemos. Faltou a gente encaixar um contragolpe ali", acrescentou.

Agora, Cruzeiro e River Plate voltam a se encontra na próxima terça-feira, no Mineirão. Para chegar às quartas de final, o Cruzeiro precisa vencer por qualquer placar. Ao River, um triunfo ou um empate com gols são suficientes para avançar de fase.