Topo

CAP x Boca: Athletico quer dar novo passo para reconhecimento internacional

Athletico e Boca voltam a se enfrentar na Libertadores, agora pelas oitavas de final - Juan Mabromata/AFP
Athletico e Boca voltam a se enfrentar na Libertadores, agora pelas oitavas de final Imagem: Juan Mabromata/AFP

Do UOL, em Santos (SP)

24/07/2019 04h00

"Mais uma oportunidade de colocar o nome do Athletico no cenário internacional". As palavras são do próprio técnico Tiago Nunes, um dos símbolos do atual momento de afirmação do time paranaense, que, na noite de hoje, na Arena da Baixada, às 21h30 (de Brasília), tem mais um encontro diante do poderoso Boca Juniors, da Argentina, agora pelas oitavas de final da Libertadores.

Atual campeão da Sul-Americana, classificado para as semifinais da Copa do Brasil e na parte de cima da tabela do Brasileiro, o Athletico hoje dá sequência a uma série de jogos grandes que, cada vez mais, tornam-se 'comuns' em sua rotina. Os comandados de Tiago Nunes voltam a encarar o Boca Juniors em uma espécie de revanche, após uma vitória de cada na fase de grupos.

"Os atletas estão muito mobilizados e acreditando que é possível. Jogar contra o Boca Juniors, em uma competição tão importante, é mais uma oportunidade de colocar o nome do Athletico no cenário internacional", ressaltou Tiago Nunes, que vê o Athletico vivendo um 'momento especial' que precisa ser aproveitado para dar mais um salto em busca de seus objetivos.

"É um momento especial que o clube está passando e temos que aproveitar da melhor maneira possível, fazendo um grande jogo e nos esforçando ao máximo para justificar a tradição do Athletico", diz o treinador. "Quanto mais jogos o Athletico disputa contra adversários tradicionais, ficamos mais preparados para enfrentar esse nível de competição", acrescenta o treinador.

Em seu primeiro jogo da história (em competições oficiais) contra o Boca Juniors, dia 2 de abril, o Athletico deu show na Arena Baixada e, com três gols de Marco Ruben, aplicou uma sonora vitória por 3 a 0 nos argentinos, que desde então aumentaram consideravelmente o respeito pelo clube brasileiro. No jogo de volta, na La Bombonera, muita polêmica e vitória xeneize, por 2 a 1.

Com empate no duelo (uma vitória para cada), Athletico e Boca Juniors - que terminou a fase de grupos na liderança após o triunfo polêmico na La Bombonera - iniciam hoje o tira-teima. Uma classificação para as quartas de final representa muito para o clube paranaense, que também fora de campo vem dando mostras (contratação de Adriano, ex-Barcelona, por exemplo) de que está no caminho certo para alçar voos maiores.

FICHA TÉCNICA

ATHLETICO PARANAENSE X BOCA JUNIORS-ARG

Data: 24/07/2019 (quarta-feira)
Horário: 21h30 (de Brasília)
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Árbitro: Daniel Fedorczuk (Uruguai)
Assistentes: Nicolas Taran (URU) e Miguel A. Nievas (URU)

ATHLETICO PARANAENSE
Santos; Jonathan, Léo Pereira, Pedro Henrique e Márcio Azevedo; Lucho González, Bruno Guimarães e Nikão; Marcelo, Rony e Marco Ruben
Técnico: Tiago Nunes

BOCA JUNIORS-ARG
Andrada, Weigandt, Goltz, Alonso e Más; Nandez, Marcone, Capaldo (Campuzano) e Mac Allister; Zárate e Abila
Técnico: Gustavo Alfaro