Topo

Grêmio redobra atenção com rival conhecido e carrasco na Libertadores

Silvio Avila/EFE
Imagem: Silvio Avila/EFE

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

24/07/2019 04h00

O Grêmio vive dias de atenção redobrada. O cuidado maior é pelo reencontro com o Libertad, do Paraguai, nas oitavas de final da Libertadores. O time de Assunção estava no grupo H e foi o primeiro adversário a vencer a equipe de Renato Gaúcho em Porto Alegre neste ano. Os lados bom e ruim de o time cruzar com um rival conhecido geram preocupação.

Grêmio e Libertad se enfrentam na quinta-feira (25), em Porto Alegre, às 21h30 (de Brasília). O segundo jogo da eliminatória acontece uma semana depois, no Paraguai.

Vinte e sete jogos depois, o Libertad volta à Arena para encarar o Grêmio. Do duelo válido pela segunda rodada do grupo H da Libertadores até aqui, o time gremista mudou pouco. Conseguiu, especialmente após a Copa América, melhora coletiva. Tanto que não perdeu.

Individualmente a escalação de Matheus Henrique substituindo Michel, Alisson no lugar de Marinho, Jean Pyerre na vaga de Luan e André como herdeiro do lugar de Felipe Vizeu.

"Os dois times se conhecem, então vai ser mais difícil. A competição já tem jogos truncados, mas serão dois duelos bons. Agora é mata-mata e os dois vão entrar mais focados, sabendo que qualquer erro pode ser decisivo", disse André.

A grande preocupação do Grêmio é com a estratégia do Libertad. Muito provavelmente, o time paraguaio vai se fechar e explorar contra-ataques. A formação gremista é voltada para um jogo de domínio no ataque e corre riscos em caso de dificuldade diante de retrancas.

"A gente já tem um conhecimento, né? Já entende como o adversário joga. É o mesmo treinador, trocaram umas peças, mas o treinador é o mesmo. A gente já sabe, todo mundo viu que eles pressionam bastante", comentou Jean Pyerre.

A derrota para o Libertad, em Porto Alegre, acabou sendo compensada pela vitória do Grêmio no Paraguai: 2 a 0. Se os resultados se repetirem nas oitavas, o time gaúcho fica com a vaga no saldo de gols. Mas a ideia é manter o aproveitamento geral do ano em casa. Em 2019, o Grêmio já atuou 19 vezes como mandante e tem somente três derrotas - a primeira delas para o Libertad.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que foi publicado na versão anterior deste texto, o confronto entre Grêmio e Libertad-PAR acontece amanhã (25), às 21h30 (de Brasília). A informação foi corrigida.
ESPN, Ei PLus e Fox Sports

Assista aos jogos e programas de ESPN, EI Plus e Fox Sports sem TV a cabo.