Topo

Futebol


Atlético-MG tenta cassar liminar que suspende dívida de R$ 10 mi de Fred

Fred e Atlético-MG discutem multa de R$ 10 milhões cobrada pelo clube - Thomás Santos/AGIF
Fred e Atlético-MG discutem multa de R$ 10 milhões cobrada pelo clube Imagem: Thomás Santos/AGIF

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

01/08/2019 11h52

Atlético-MG e Fred se encontraram em audiência na Justiça do Trabalho na manhã de hoje, em Belo Horizonte. Em pauta, a multa de R$ 10 milhões exigida pelo clube na Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD) da CBF. O Galo solicitou a cassação da liminar que suspende a decisão da CNRD e já teve outro pedido deferido pelo juiz do caso.

Lásaro Cândido Cunha, vice-presidente atleticano, falou sobre o pedido de cassação da liminar ao UOL Esporte:

"A audiência está marcada para março, mas antes disso, temos uma discussão sobre a competência. Nós não vamos falar por ora os recursos que vamos apresentar. Mas de cara já apresentamos o requerimento para que o juiz revogue a liminar que ele concedeu. Na nossa visão, foi uma liminar concedida por equívoco pelo juiz. Queremos que ele revogue essa liminar. Se não fizer, nós temos outros instrumentos que vamos divulgar na época oportuna para cassar essa liminar e, portanto, determinar o prosseguimento do julgamento perante a Câmara Arbitral", disse.

Para refutar um dos argumentos de Fred, de que o valor da causa na CNRD é considerado elevado, o Atlético solicitou os contratos do craque na Toca da Raposa II. O juiz do caso já deferiu o pedido do clube. A reportagem apurou que Fred recebe R$ 800 mil por mês com base na CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas). Ele ainda tem direitos de imagem no acordo com o Cruzeiro. Porém, jamais recebeu a quantia. São mais de 18 meses de atraso no período.

"No primeiro momento, o juiz já deferiu um requerimento que o Atlético fez para que o Cruzeiro apresente todos os pagamentos e contratos, imagem, salários que o Fred recebeu e ainda tem direito a receber do Cruzeiro. Ele vem com uma tese de que o custo da Câmara era "inviável" para ele. Nós vamos provar que isso é uma mentira, uma falsidade. Para ele, que ganha mais de R$ 1 milhão por mês, fora as premiações", declarou Lásaro Cândido Cunha.

"Vamos provar também que a antecipação rescisão contratual lhe trouxe enormes e milionárias vantagens. O juiz já deferiu já deferiu o nosso requerimento e determinou que o Cruzeiro apresente tudo isso", acrescentou.

A CNRD decidiu que Fred deve pagar ao Atlético os R$ 10 milhões estabelecidos em seu contrato de rescisão. A cobrança se dá porque uma cláusula do distrato do jogador com o Galo exigia o pagamento deste valor em caso de assinatura com o Cruzeiro antes de 31 de dezembro de 2018. A decisão do tribunal ligado à CBF, no entanto, foi suspensa por meio de uma liminar obtida pelo atacante de 35 anos.

Mais Futebol