Topo

Brasileirão - 2019


Claudinei já estragou a festa do Santos uma vez. No domingo, terá 2ª chance

Claudinei Oliveira, técnico do Goiás - Rosiron Rodrigues/ GEC
Claudinei Oliveira, técnico do Goiás Imagem: Rosiron Rodrigues/ GEC

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

03/08/2019 23h05

Se o Santos não terá Jorge Sampaoli, suspenso, na beira do gramado na partida deste domingo contra o Goiás, às 11h, verá na área técnica adversária um treinador bastante conhecido na Vila Belmiro: Claudinei Oliveira, que se criou como técnico no próprio Peixe.

Desde então, rodou bastante: passou por Paraná, Athletico-PR, Vitória, Avaí, Sport, Chapecoense e Goiás. Durante esse tempo, o técnico enfrentou o Santos cinco vezes, vencendo uma vez, perdendo outra e empatando três vezes. A única vitória aconteceu no ano passado, pela Chapecoense, quando interrompeu o bom momento santista e frustrou os planos do time do então técnico Cuca de se classificar para a Libertadores.

Dos cinco jogos em que enfrentou o Peixe, apenas um deles foi realizado na Vila Belmiro: o empate por 1 a 1 com o Avaí, gols de Copete para o Peixe e Pedro Castro, outra cria do Santos, para o Avaí. Agora, o treinador retorna ao estádio com o desafio de enfrentar o líder do Campeonato Brasileiro em um estádio com ingressos esgotados, mas ele quer é estragar a festa santista nesse reencontro.

"Sempre legal voltar à Vila Belmiro, um estádio que vivemos tanto tempo. Vai ser bacana, sou daqui e tenho muitos amigos em Santos. Ganhamos títulos em todas as categorias na base e fizemos uma campanha bem digna quando assumi o profissional. Quando a bola rola cada um tem que defender seu lado, não vejo motivos para ter uma boa receptividade, mas claro que eles vão estar lá torcendo para o Santos e não para mim. Eu vou ser o convidado que vai tentar estragar a festa, né? Faz parte", disse Claudinei em entrevista exclusiva ao UOL Esporte.

Sob o comando de Claudinei Oliveira, o Goiás vem fazendo boa campanha no Brasileirão e, dependendo de outros resultados, poderia até entrar no G-6 dos clubes que se classificam para a Copa Libertadores da América já nesta rodada, ainda que com uma partida a menos. Já o Peixe só quer saber de abrir vantagem para o Palmeiras, segundo colocado do torneio.

FICHA TÉCNICA

Data: 4 de agosto de 2019 (domingo)
Horário: 11h (de Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos-SP
Árbitro: Rafael Traci (SC)
Assistentes: Kléber Lúcio Gil (SC) e Johnny Barros de Olveira (SC)
VAR: Rodrigo D'alonso Ferreira (SC)

SANTOS: Everson; Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Felipe Aguilar (Alison); Victor Ferraz (Felipe Jonatan), Diego Pituca, Carlos Sánchez e Jorge; Soteldo, Derlis González e Eduardo Sasha. Técnico: Jorge Sampaoli.

GOIÁS: Tadeu; Kevin, Yago, Vaz e Jefferson; Geovane, Léo Sena e Marlone (Giovanni Augusto); Michael, Kayke e Leandro Barcia. Técnico: Claudinei Oliveira.