Topo

W. Silva muda jogo deslocado no Inter: "Se precisar, jogo até de zagueiro"

Do UOL, em Porto Alegre

07/08/2019 23h58

Wellington Silva entrou e mudou o jogo para o Inter. Acostumado a jogar pela esquerda, o meia-atacante entrou aberto pela direita e se tornou a velocidade e o poder ofensivo que o time precisava no duelo de ida da semifinal da Copa do Brasil. Depois da vitória por 1 a 0 sobre o Cruzeiro, o jogador disse que está disposto a atuar onde for preciso.

"Não tinha problema", disse sobre jogar pela direita. "Se for para ajudar, se precisar, eu jogo até de zagueiro. Pude ajudar e estou muito feliz", disse Wellington.

Depois de começar sem oportunidades e também sem apresentar o melhor rendimento pelo Inter, Wellington Silva se reencontrou e virou a primeira opção para mudar os jogos no time gaúcho. O UOL Esporte, em entrevista exclusiva com ele, contou a retomada do jogador no clube.

E contra o Cruzeiro, a entrada de Wellington, no lado oposto ao que está acostumado a jogar, foi fundamental. Dos pés dele surgiram as principais chances da equipe. Com dribles e tramas rápidas, incomodou o sistema defensivo do Cruzeiro.

O Inter não demorou a abrir o marcador, com Edenilson. E a vitória mínima seguiu até o fim do jogo. O placar dá ao time de Porto Alegre a chance de ir à final com qualquer vitória ou empate no duelo de volta, marcado para dia 4 de setembro. Vitória cruzeirense por um gol de diferença leva a decisão para os pênaltis. Dois ou mais de margem para os mineiros elimina o Colorado.

"Era um jogo difícil, estávamos recuados, eles em casa, não conseguíamos sair. Quando entrei, consegui levar nosso time para cima deles. Estou muito feliz. Continuamos trabalhando para seguir assim", finalizou Wellington.

Pelo Brasileiro, o Inter encara o Corinthians no domingo, às 11h (de Brasília).