Topo

Como Luciano pode mudar o perfil do ataque do Grêmio

Luciano fará sua estreia pelo Grêmio contra o Flamengo pelo Brasileirão - Lucas Uebel/Grêmio
Luciano fará sua estreia pelo Grêmio contra o Flamengo pelo Brasileirão Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

10/08/2019 04h00

Luciano fará sua estreia pelo Grêmio hoje (10), às 19h (de Brasília), contra o Flamengo, no Rio de Janeiro, pela 14ª rodada do Brasileiro. E a entrada do ex-Fluminense na equipe mudará o conceito de centroavante utilizado até então.

Desde que assumiu o time para esta passagem, Renato Gaúcho sempre se mostrou inclinado a escalar jogadores de combate físico e presença de área mais na frente. Optou por atletas como Jael, Barrios, André e Vizeu. E ainda que tenha utilizado em alguns momentos Luan como homem de frente, optou pelo recuo dele para funções criativas em seguida.

Com Diego Tardelli, já neste ano, a meta era ganhar opções. Mas o plano era ter o jogador preferencialmente vindo de trás ou até aberto pela direita.

Luciano não é o perfil de centroavante predileto de Portaluppi. Não tem por característica o pivô, o combate físico na área ou mesmo a presença constante centralizado entre os zagueiros adversários.

Autor de 15 gols em 31 jogos pelo Fluminense neste ano, ele prefere receber em velocidade e até fazer jogadas pessoais do que propriamente tramar de costas para o gol rival. Luciano utiliza a rapidez de conclusão dos lances para levar vantagem sobre o oponente.

A mudança de característica na linha de frente pode dar ainda mais armas ao Tricolor. O teste, porém, ainda não está totalmente confirmado. Com treinamentos fechados, Renato Gaúcho escondeu o que pretende fazer no jogo de logo mais.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO x GRÊMIO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data e hora: 10 de agosto de 2019, às 19h (de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Helton Nunes (SC) e Alex dos Santos (SC)
Árbitro de vídeo: Rodrigo D'Alonso Ferreira (SC)

Flamengo
Diego Alves; Rafinha, Thuler, Pablo Marí e Filipe Luís; Cuéllar, Arão, Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique.
Técnico: Jorge Jesus

Grêmio
Julio César; Léo Moura, David Braz, Paulo Miranda e Capixaba; Thaciano, Darlan, Galhardo, Luan e Pepê; Luciano.
Técnico: Renato Gaúcho